Quase 20 mil pessoas passaram pelo 1º Festival Araras Food Truck realizado no Parque Ecológico e Cultural Gilberto Rüegger Ometto no último fim de semana. As informações são da LB Produções, organizadora do evento em parceria com a Prefeitura de Araras, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Geração de Emprego e Renda. O evento gastronômico reuniu 27 foodtrucks e mais cinco foodbikes, totalizando 32 opções de alimentação variada ao público.

araras_food truck 4
Shows musicais animaram o evento nos três dias

O Food Truck pode ser entendido como cozinha móvel, de dimensões pequenas, sobre rodas, que transporta e vende alimentos, de forma itinerante. Conforme o Sebrae (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa) tem divulgado até mesmo em seu próprio site, a maioria dos veículos é formada por furgões, trailers, caminhonetes e principalmente caminhões menores adaptados – daí a alusão aos termos food (comida) e truck (caminhão).

O cardápio foi bem variado e incluiu massas, lanches, hambúrgueres gourmet, comida natural e doces como churros, paletas mexicanas, cupcakes, bolos, doces franceses, etc. O público presente pode saborear novidades e receitas brasileiras, japonesas, mexicanas, portuguesas, árabes, entre outras nacionalidades.

Cardápio variado incluiu receitas brasileiras, japonesas, mexicanas, portuguesas, árabes, entre outras
Cardápio variado incluiu receitas brasileiras, japonesas, mexicanas, portuguesas, árabes, entre outras

Luiz Botelho, organizador do evento, destacou que o festival gastronômico de Araras foi um dos melhores do interior. “Todos os proprietários dos food trucks elogiaram a receptividade dos ararenses e vibraram com as boas vendas. O saldo foi muito positivo e já estamos planejando uma volta ao município em 2016. Um evento desta envergadura movimenta a cidade e traz renda para outros comércios também, como hotéis, mercados e postos de gasolina”, disse.

Botelho também agradeceu a parceria realizada com a Prefeitura. “A contribuição da administração municipal foi fundamental para a realização do evento. Tivemos o respaldo necessário para que os food trucks pudessem trabalhar com organização e estrutura”, disse.

O secretário de Desenvolvimento Econômico Leonardo Dias apontou que o festival poderá alavancar o turismo em Araras no futuro. “O balanço foi muito positivo e mostra que a cidade gostou muito deste tipo de culinária. A intenção no ano que vem é trazer também o público da região e tornar a realização do Food Truck uma tradição na cidade”, afirmou.

Por lei, a infraestrutura necessária para o festival é planejada para atender às necessidades de preparação e comercialização de alimentos,segundo às exigências da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) municipal e estadual, Prefeitura, Denatran (Departamento Nacional de Trânsito e Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).  

O evento também contou com shows musicais de estilos variados das bandas Sunbird, De tudo um pouco Crossfire, Só Nata e DJ Explosão. Além da música, o festival ofereceu recreação para crianças, com brinquedos que serão instalados no recinto do Parque Ecológico.

 

Solidariedade

Parte da renda obtida no evento gastronômico será revertida ao Fuss (Fundo Social de Solidariedade). O termo de compromisso foi assinado em setembro entre a primeira-dama e presidente do Fuss Elaine Brambilla e o representante da LB Produções, Luis Botelho.

 De acordo com o documento, 50% da renda do estacionamento oficial do evento será repassada ao Fundo, além da doação dos alimentos que serão trocados por ingressos para o festival. A entrada no recinto será 1 kg de alimento não-perecível para cada dia. Já o estacionamento será R$ 5 por dia.

A renda arrecadada no estacionamento e a quantidade de alimento recebido serão divulgados pelo Fuss ainda nesta semana.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*