Evento acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro e 5, 6 e 7 de outubro com renda revertida para a Apae de Araras

Começa amanhã (28) um dos eventos mais tradicionais promovidos pela Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Araras. A 38ª edição da Feira das Nações acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro e 5, 6 e 7 de outubro nas dependências do Parque Ecológico e Cultural “Gilberto Rüegger Ometto”.

Segundo a programação, nas sextas-feiras e sábados as atividades têm início às 19h, enquanto aos domingos o evento começa às 11h. O valor da entrada é de R$ 5, com direito a estacionamento para os veículos.

Nesta edição a Feira contará com as barracas Ibérica, Argentina, Italiana, Suíça, Boteko Brasil, Kaipifrutas e Americana, que é a novidade deste ano. Todas servirão pratos típicos das respectivas culturas. Além disso, o público poderá conferir as barracas infantis como a do Sonho, dos Brinquedos e também do Artesanato, cujos artigos são confeccionados pelos próprios alunos da entidade. Cada barraca, inclusive, será representada por rainhas e princesas, as quais terão o objetivo de angariar fundos em prol da Apae, por meio de ações entre amigos, patrocínios e donativos.

Evento contará com barracas típicas que servirão pratos de suas respectivas culturas. (Foto: Giovanna Peterlevitz/Opinião)

“A Feira das Nações já é tradicional em nosso município e todo ano atrai a população ararense e também de outras cidades da região. Nossa expectativa é de que tenhamos um grande público durante os dias que acontecem o evento. A Feira tem também por objetivo oferecer momentos de lazer e solidariedade às famílias”, destacou Iraci Barbosa, diretora da Apae de Araras.

O evento ainda terá a participação de voluntários, que irão auxiliar no andamento das barracas típicas. “Assim como todos os anos, a Feira conta com ação voluntária e a comunidade ararense sempre tem abraçado a causa. Com muito sucesso o evento vem crescendo cada vez mais, graças à solidariedade dos voluntários e também dos responsáveis pelas barracas”, enfatizou Iraci.

Em 2017 mais de 10 mil pessoas prestigiaram o evento e toda a renda arrecadada foi revertida para a própria entidade. Neste ano a organização espera um público ainda maior. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Araras.

Outras notícias

COMPARTILHAR