Região de Ghouta Oriental, na Síria, começou a receber ajuda humanitária, após duas semanas de ataques que deixaram mais de 700 mortos

Segundo autoridades, o governo impediu a entrada de medicamentos e alimentos para moradores que vivem na área cercada de fazendas e cidades-satélite.

O conselho de Segurança da ONU aprovou resolução que pede trégua de 30 dias para garantir que a ajuda chegue à região sob ataque das forças do ditador Bashar al-Assad.

A Rússia, aliada da Síria, pediu que os ataques fossem suspensos ao menos durante 5 horas para a passagem dos comboios, o que não foi respeitado.

Na segunda-feira, 46 caminhões carregados deveriam chegar para cerca de 70 mil pessoas, mas o governo sírio bloqueou parte da carga e apenas 27.500 serão atendidos.

Sem explicar as razões para o o bloqueio, Damasco autorizou a entrada do material nos próximos três dias, segundo informações da ONU.

Mais Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*