Quatro anos após ser brilhante, golear o Brasil por 7 a 1 e ficar com o título em 2014, a Alemanha foi quem sofreu o apagão em 2018

Entrou para a história. Assim pode-se definir a partida entre Alemanha e Coreia do Sul nesta quarta-feira pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa do Mundo Fifa 2018. A atual campeã mundial caiu diante dos asiáticos ao ser derrotada por 2 a 0, gols de Kim Young-Gwon, Son Heung-Min, e deu adeus ao bicampeonato (seguido).

Quatro anos após ser brilhante, golear o Brasil por 7 a 1 e ficar com o título em 2014, a Alemanha foi quem sofreu o apagão em 2018 e está eliminada da Copa do Mundo. Com os resultados, Suécia e México avançaram às oitavas de final do Mundial.

Sem noção

O goleiro Neuer pareceu descontrolado após o primeiro gol da Coreia do Sul. Nos acréscimos, o goleiro decidiu sair do gol e atuar como jogador de linha. Claro que a ideia não poderia ter dado certo. O arqueiro perdeu a bola na intermediária de ataque e os coreanos fizeram o segundo gol com Son.

VAR entra em ação

Mais uma vez na Copa do Mundo, o VAR entrou em ação. Desta vez, a favor da Coreia do Sul. No lance do primeiro gol, o árbitro havia anulado o gol por um provável impedimento. Porém, o árbitro de vídeo foi acionado e mostrou que o passe para Kim Younggwon havia sido dado por um jogador alemão.

Zebra das atuais campeãs?

A eliminação logo na primeira fase do Mundial marca pela terceira edição consecutiva a zebra com as seleções campeãs na Copa anterior.

Em 2006 a Itália conquistou o tetracampeonato e foi eliminada na fase de grupos em 2010 na África. No mesmo ano a Espanha foi quem ergueu a taça, mas caiu na primeira fase em 2014. Agora a Alemanha sente o mesmo drama. Vale ressaltar que em 1998 a França foi campeã e foi eliminada na primeira fase me 2002, ano em que o Brasil ganhou o penta, porém não sentiu o mesmo gosto amargo da eliminação precoce em 2006.

Outras notícias

COMPARTILHAR