Alunos
Cerca de 6 mil alunos do 3º ao 9º do ensino fundamental participam da segunda etapa do Iapel.

A rede municipal de ensino começou mais uma etapa para aferição do Iapel (Índice de Avaliação Pedagógica Local). As provas serão aplicadas para os alunos do 3º ao 9º ano do ensino fundamental, nos períodos da manhã e tarde, até a próxima terça-feira, dia 7 de maio, sendo esta a segunda etapa de aferição do Índice – a primeira aconteceu em fevereiro e março deste ano, para alunos das 1ª e 2ª séries do ensino fundamental.

De acordo com a pasta, até nesta quinta-feira, dia 30, os alunos do 6º ao 9º ano farão provas objetivas com 80 questões, mais um exame discursivo. As avaliações contêm questões que abrangem as disciplinas Português, Geografia, Artes, Inglês, Matemática, História, Educação Física e Ciências.

Já na semana de 4 a 7 de maio, serão aplicadas avaliações para os 3º, 4º e 5º anos, sendo que o exame será composto apenas por prova objetiva com 10 questões de Língua Portuguesa e 15 questões de Matemática – no 1º dia será Língua Portuguesa e no dia 2, Matemática. Além disso, os alunos também farão uma avaliação de produção de texto.

O Iapel é um dos mais importantes itens que contam pontos para o pagamento do prêmio do IVPE (Índice de Valorização do Profissional de Educação), concedido em cada fim de ano aos educadores das escolas da Prefeitura. Neste ano, como a Secretaria Municipal de Educação não contará com o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) para compor o IVPE, a evolução dos alunos no Iapel corresponderá a 40% do cálculo para o pagamento do prêmio. Os outros componentes para a soma do índice são assiduidade e participação em cursos de formação continuada. No entanto, o Ideb será aferido no final deste ano por meio do Prova Brasil e terá resultado divulgado apenas em 2016.

A coordenadora de Formação Continuada e Apoio Técnico Pedagógico Luiza Helena Teixeira Viana explica que o objetivo das avaliações é averiguar os conhecimentos adquiridos pelos alunos no decorrer do ano de 2014 e anos anteriores. “Serão avaliadas as competências leitoras e escritoras de todas as disciplinas do currículo. O Iapel tem por finalidade trazer indicadores dos processos de aprendizagem escolar, bem como a sua concretização, além de oferecer informações relevantes para o próprio desenvolvimento do ensino na sala de aula em seu dia a dia, para o planejamento e replanejamento contínuo da atividade docente, como para a aferição de alcance das expectativas de aprendizagens ou não”, ressalta.

Vale ressaltar que as avaliações são elaboradas pela equipe da Secretaria de Educação, que também fará a correção das provas discursivas e de produção de textos. Já os gabaritos das exames objetivos serão corrigidos por meio de leitor óptico. As demais provas do ciclo 2015 do Iapel serão aplicadas em agosto e novembro. De acordo com a Secretaria, 5.509 alunos irão realizar as três etapas do Iapel durante o ano.

IVPE

O Índice de Valorização do Profissional de Educação foi instituído em 2013 pela Prefeitura para reconhecer financeiramente o comprometimento dos profissionais de educação nos projetos pedagógicos e na política de melhoria da qualidade do ensino municipal. Em 2014, primeiro ano de efetividade do programa, com o cálculo do IVPE baseado nos três quesitos previstos em lei, 1.064 profissionais de educação receberam cerca de R$ 1,7 milhão, pagos no final de janeiro de 2015.

Segundo a Secretaria de Educação, a média geral aferida em 2014 em toda a rede municipal para a 2ª etapa foi de 7,8 e para a 3ª etapa foi de 8,2. (Com informações da Secom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*