Anete e as representantes do grupo AMMA – Amor de Mãe Crédito texto e foto: Thiago Marquezin – Assessor da vereadora Gabriela Grigoletto com informações da assessoria da vereadora
Anete e as representantes do grupo AMMA – Amor de Mãe
Crédito texto e foto: Thiago Marquezin – Assessor da vereadora
Gabriela Grigoletto com informações da assessoria da vereadora

A vereadora Anete Monteiro dos Santos Casagrande (PSDB- Partido da Social Democracia Brasileira) protocolou um projeto de lei que institui o Dia Municipal da Doula do Município de Araras.

Segundo consta na justificativa do projeto, ter um dia de reflexão, incentivo e comemoração voltado para a doula favorece a expansão e importância de sua atuação e, principalmente, a promoção dos direitos da mulher gestante. O dia escolhido é 18 de dezembro como homenagem a Nossa Senhora do Bom Parto e inclui nossa cidade no movimento de valorização da atuação das doulas e da garantia dos direitos das gestantes.

A vereadora também é autora do projeto que tramita na Câmara Municipal que autoriza a presença de doulas durante o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente, nas maternidades e estabelecimentos hospitalares congêneres privados de Araras. Essa é uma ação de Anete em parceria com o grupo AMMA – Amor de Mãe.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde de vários países, entre eles o Brasil, reconhecem e incentivam a presença da doula, pois, segundo pesquisas, o parto evolui com maior tranquilidade, rapidez e com menos dor e complicações tanto maternas como fetais. As vantagens também ocorrem para o Sistema de Saúde, que, além de oferecer um serviço de maior qualidade, tem uma significativa redução nos custos dada a diminuição das intervenções médicas e do tempo de internação das mães e dos bebês.

“Araras segue o bom exemplo dos municípios da região, ao debater sobre a atuação das doulas, profissionais formadas que além de contribuir com a humanização do parto, diminuem sensivelmente os custos dos serviços de saúde” frisa a vereadora.

 

Vagas reservadas para gestantes

Anete também é autora da Lei Municipal que assegura a reserva para gestantes, durante todo o período gestacional e pessoas acompanhadas por crianças de colo de até um ano, de vagas preferenciais nos estacionamentos públicos em áreas privadas, como supermercados, hospitais e universidades, facilitando a mobilidade e o bem-estar da mulher. A lei for aprovada por unanimidade no final de 2015.

“Sou mãe de três filhos, fico extremamente feliz por atender aos anseios de nossas gestantes e contribuir com a garantia de direitos em nossa cidade” defende Anete.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*