A piora do quadro de ansiedade em adultos mais velhos pode ligar o alerta para o desenvolvimento do Alzheimer

Pelo menos foi o que apontou uma pesquisa publicada no jornal americano de psiquiatria.

Os cientistas envolvidos observaram que quanto maiores os níveis de proteína associada à demência, a chamada beta amiloide, mais significativos se transformavam os sintomas de ansiedade.

Essa proteína envolve neurônios e prejudica a comunicação entre eles.

Os sintomas ansiosos estiveram mais relacionados à progressão da beta amiloide no cérebro.

Assim, o grupo sustenta a hipótese de que o surgimento ou a piora de problemas de saúde mental representam uma manifestação precoce da doença em adultos mais velhos.

A pesquisa contou com 270 homens e mulheres normais, entre 62 e 90 anos, que foram acompanhados durante cinco anos.

Mais Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*