Trabalhos de limpeza recomeçaram no início da semana

Prefeitura destaca que para deixar o local sempre limpo e organizado a colaboração da população é essencial

Cronograma Após período de chuva, Cemitério Municipal volta a receber serviço de conservação A Prefeitura destaca que para deixar o local sempre limpo e organizado a colaboração da população é essencial Foto: Secom Trabalhos de limpeza recomeçaram no início da semana As chuvas do mês de novembro e, o tempo instável nos primeiros dias de dezembro, inclusive hoje (7) há previsão de chuvas em Araras, fizeram com que o cronograma de conservação do Cemitério Municipal sofresse um atraso em sua execução, principalmente no serviço de roçagem. Os trabalhos voltaram ao normal no começo desta semana. Para deixar o local sempre limpo e organizado, a colaboração da população é essencial. “Nós realizamos sempre a limpeza. Dentro do Cemitério há vários tambores de lixo onde os munícipes podem, ao avistarem alguma flor no chão, papéis ou qualquer sujeira, jogá-los no lugar correto. É necessário manter sempre o local organizado”, comentou o diretor Nicolau Cinquini Filho. O campo santo de Araras está instalado desde 1943 em área que compreende três alqueires no Jardim Nossa Senhora de Fátima, tendo à frente a praça João Paulo II, e abriga aproximadamente 11 mil jazigos e 65.070 pessoas sepultadas. E com a proximidade do Natal, as visitas já habituais se intensificarão por parte de ararenses e moradores da região
Limpeza recomeçou no início da semana visando manter o lugar organizado para receber contingente que é maior nesta época

As chuvas do mês de novembro e, o tempo instável nos primeiros dias de dezembro, inclusive hoje (7) há previsão de chuvas em Araras, fizeram com que o cronograma de conservação do Cemitério Municipal sofresse um atraso em sua execução, principalmente no serviço de roçagem. Os trabalhos voltaram ao normal no começo desta semana.

Para deixar o local sempre limpo e organizado, a colaboração da população é essencial. “Nós realizamos sempre a limpeza. Dentro do Cemitério há vários tambores de lixo onde os munícipes podem, ao avistarem alguma flor no chão, papéis ou qualquer sujeira, jogá-los no lugar correto. É necessário manter sempre o local organizado”, comentou o diretor Nicolau Cinquini Filho.

O campo santo de Araras está instalado desde 1943 em área que compreende três alqueires no Jardim Nossa Senhora de Fátima, tendo à frente a praça João Paulo II, e abriga aproximadamente 11 mil jazigos e 65.070 pessoas sepultadas. E com a proximidade do Natal, as visitas já habituais se intensificarão por parte de ararenses e moradores da região.

Mais Informação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*