No aterro municipal coletores estão recebendo os equipamentos e irão desenvolver trabalho com os integrantes da cooperativa que funciona no local

Secretário de Serviços Públicos Urbanos e Rurais, Carlos Cerri Júnior explica como fazer o descarte corretamente
Secretário de Serviços Públicos Urbanos e Rurais, Carlos Cerri Júnior explica como fazer o descarte corretamente

A cidade de Araras terá o sinal analógico de TV desligado a partir de 29 de novembro deste ano. Com isso, já começam a aparecer nas calçadas aparelhos que ficaram obsoletos para o uso dos munícipes. Entrevistado pela reportagem do Opinião, o secretário de Serviços Públicos Urbanos e Rurais, Carlos Cerri Júnior, explicou que a população já tem onde descartar estes equipamentos. “As TVs antigas podem ser descartadas no aterro municipal, onde está tendo uma promoção, um evento em que os coletores estão recolhendo os aparelhos de TV antigos e, junto com a Cooperativa, irão utilizá-los para desenvolver um trabalho”. E para ninguém ficar com dúvida do lugar para onde levar aparelhos que não mais serão utilizados em suas casas, Cerri frisou que há uma placa explicativa na frente do aterro municipal. Faz-se necessário esclarecer que as TVs de tubo com o uso de conversores também podem receber o sinal digital. Em média uma TV pronta para receber o sinal digital custa em torno de R$ 1 mil, enquanto os conversores podem ser adquiridos por R$ 130.

Outros equipamentos

Quanto a pilhas, baterias e celulares, estes podem ser levados para o prédio da Secretaria de Serviços Públicos Urbanos e Rurais, na rua Emílio Ferreira, esquina com rua Silvino Pontes, “que a gente está tentando fazer uma área de recebimento para depois pedir para as empresas responsáveis darem o destino correto. Isso para pilhas, baterias e celulares. Lâmpadas por enquanto não”.

Por que a mudança?

O desligamento do sinal analógico é uma determinação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e da Anatel. A Portaria do Ministério das Comunicações nº 378, de 22 de janeiro de 2016, estabeleceu as datas dos agrupamentos de municípios que serão desligados até 2018.
Para assistir à TV digital terrestre, aberta e gratuita, siga os passos na sequência:
• verifique se o sinal digital já está disponível na sua cidade. Essa informação pode ser obtida com antenistas, síndicos ou vendedores de lojas de eletrônicos;
• disponha de uma antena UHF externa;
• adquira um conversor digital (com isso não é necessário descartar a TV de tubo) ou uma TV com conversor integrado.
Para auxiliá-lo com instalações de aparelhos e adequada sintonização de sinal, sugerimos que entre em contato com um antenista de sua confiança, em sua região.
Na transmissão digital não há perda de qualidade no processo, ou seja, áudio e vídeo mantêm 100% da qualidade da transmissão original, eliminando chuviscos e interferências na recepção, característicos do sistema analógico. Na transmissão digital a imagem possui muito mais definição e o áudio uma qualidade superior à da transmissão analógica, melhorando assim a qualidade do conteúdo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*