Com um dos menores foi encontrado meio quilo de maconha, além de pedras de crack, cocaína, balança de precisão, matérias para preparo e embalagem e um celular

Dois menores foram apreendidos na noite da última segunda feira, dia 6, após serem pegos traficando drogas no condomínio Arnaldo Mazon, no Narciso Gomes. Um dos adolescentes ainda tentou subornar um policial militar durante a apreensão.

As apreensões ocorreram nas mesmas circunstâncias e local, entretanto foram duas ocorrências distintas. Na primeira delas, a PM recebeu a denúncia de que um traficante, já conhecido no meio policial, estaria comercializando entorpecentes em frente a seu apartamento no residencial popular, durante a abordagem dinheiro e droga foram localizadas.

Com um dos menores foi encontrado meio quilo de maconha, além de pedras de crack, cocaína, balança de precisão, matérias para preparo e embalagem e um celular
Com um dos menores foi encontrado meio quilo de maconha, além de pedras de crack, cocaína, balança de precisão, matérias para preparo e embalagem e um celular

Com o adolescente, de 17 anos, foram encontradas pequenas porções de entorpecentes e também a quantia de R$ 657,00 o que para o menor foi o suficiente para a tentativa de corromper o policial responsável pela abordagem. Durante a revista pessoal o menor disse: “A casa caiu, senhor, a droga está no bolso daquela bermuda em cima da minha cama e esse dinheiro comigo é para o senhor me deixar ir embora”, falou o menor  de acordo com o boletim de ocorrência elaborado pela Polícia. No interior da casa do menor foram encontradas ainda 207 gramas de cocaína e duas porções de maconha.

Já a segunda ocorrência, aconteceu no prédio ao lado, também no condomínio entregue por meio do programa do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida”. Segundo a PM, ainda durante a primeira apreensão a Polícia recebeu a denúncia que próximo ao local teria mais um adolescente com drogas escondidas dentro de casa.

Verificando a informação, a PM decidiu subir até o apartamento do suspeito, que foi flagrado enquanto descia as escadas. Ainda segundo a Polícia, o adolescente foi surpreendido pelos policiais, mas mesmo assim tentou correr para dentro do apartamento, entretanto foi dominado.

Durante a abordagem o adolescente de 16 anos confessou onde estaria a droga e ainda disse que não era sua e que estava, apenas, escondendo os entorpecentes para outro traficante do bairro. Em posse do menor foram apreendidos um tijolo e cinco tabletes de maconha, pesando aproximadamente meio quilo da droga, além de pedras de crack e porções de cocaína. Também foram apreendidos equipamentos para o preparo e venda dos entorpecentes, como balança de precisão, pinos vazios, entre outros.

Os menores foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil para posterior remoção para internação em alguma unidade da Fundação Casa.


 

Câmara começa a discutir nesta semana mérito da PEC da Maioridade Penal

Quase 23 anos após a apresentação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, a Câmara dos Deputados iniciou ontem, dia 8, a análise do mérito do texto. A comissão especial criada pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para discutir a PEC será instalada na quarta, quando serão eleitos o presidente e os vice-presidentes e escolhido o relator da matéria.

A comissão é formada por 27 deputados titulares e igual número de suplentes.

Caberá ao colegiado debater o mérito da PEC, realizar audiências públicas para discutir a mudança da imputabilidade penal, com a redução da maioridade penal, e elaborar um parecer sobre a proposta, o qual será votado pela comissão.

Se aprovada pela comissão, a matéria será encaminhada à apreciação do plenário da Câmara, em dois turnos de votação. Parada há mais de 22 anos na Comissão de Constituição e Justiça, a PEC teve sua admissibilidade aprovada na semana passada e agora terá o mérito apreciado pela comissão especial.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*