Via Anhanguera (SP-330) receberá o maior tráfego nesse feriado, com previsão de 170 mil veículos entre Cordeirópolis e Santa Rita do Passa Quatro.

A previsão é que até 850 mil veículos passem pelo Sistema Anhanguera-Bandeirantes entre saída e chegada à Capital no período entre hoje (1º) e domingo (5)

Em todas as rodovias concedidas haverá reforço no monitoramento, operação e manutenção dos equipamentos, como call box, câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos de apoio e equipes técnicas
Em todas as rodovias concedidas haverá reforço no monitoramento, operação e manutenção dos equipamentos, como call box, câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos de apoio e equipes técnicas

As concessionárias integrantes do Programa de Concessão de Rodovias do Governo do Estado de São Paulo implantam hoje (1º) operações especiais para garantir maior conforto, segurança e agilidade aos usuários que vão viajar no fim de semana prolongado do feriado de Dia de Finados.

As empresas que administram os 7,2 mil quilômetros de rodovias concedidas no Estado esperam aumento do fluxo entre 11 horas e 22 horas de hoje e entre 7 horas e 15 horas de amanhã (2). Aproximadamente 2,3 milhões de veículos devem circular pelas rodovias que têm acesso à Região Metropolitana de São Paulo.

A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) alerta sobre os cuidados a serem tomados em caso de neblina. O período de maior incidência de neblina já terminou, mas em algumas regiões do Estado o fenômeno climático ainda tem sido observado com certa frequência, como, por exemplo, no Sistema Anchieta-Imigrantes. Quando a visibilidade for prejudicada, o motorista deve reduzir gradualmente a velocidade e manter aceso o farol baixo – tanto de dia quanto de noite. Por medida de segurança nunca se deve parar na pista ou ligar o pisca-alerta com o veículo em movimento.

RODOVIA NOVEMBRO 2017-2Em todas as rodovias concedidas haverá reforço no monitoramento, operação e manutenção dos equipamentos, como call box, câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos de apoio e equipes técnicas. Também está previsto aumento no número de guinchos, ambulâncias e veículos operacionais em geral, além da implantação da operação “papa-fila” nos pedágios para agilizar a passagem nas cabines de cobrança manual, quando necessário. Os sites das concessionárias terão disponíveis, em tempo real, as condições de tráfego do trecho administrado da rodovia. O trabalho é desenvolvido também em parceria com a Polícia Militar Rodoviária.

Interior

A previsão é que até 850 mil veículos passem pelo Sistema Anhanguera-Bandeirantes entre saída e chegada à Capital no período de quarta-feira (1º) a domingo (5). Para quarta-feira o tráfego será mais intenso entre 15h e 20h, enquanto na quinta-feira a expectativa de maior movimento seja entre 8h e 13h. Para a viagem de retorno, o período de maior fluxo será entre 12h e 22h de domingo. Na quinta-feira (2) e no domingo (5), das 14 às 22 horas, os caminhões que se destinam à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Via Anhanguera (SP-330) no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando a rodovia pela Saída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego. A concessionária prestará apoio à fiscalização feita pela Polícia Militar Rodoviária.

O Sistema Castello Branco-Raposo Tavares deve receber 660 mil veículos durante o fim de semana prolongado. A concessionária ViaOeste espera aumento no tráfego a partir das 12h de quarta-feira, com movimento intenso até as 23h. Na quinta-feira o tráfego deve ser intenso entre 8h e 15h. Para o retorno à Capital, no domingo a previsão é de fluxo intenso das 11h às 21h. No domingo (5) o tráfego de caminhões estará proibido na rodovia Castello Branco, no sentido Capital, entre as 10h e 23h.

Litoral

A expectativa da Ecovias é que até 390 mil veículos devem deixar a capital paulista em direção ao Litoral pelo Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). A contagem dos veículos se inicia à 0h desta quarta-feira (1º) e se estenderá até meia-noite de domingo (5). O pico do fluxo de veículos no sentido litoral é aguardado para quarta-feira (1º), a partir das 11h, quando a concessionária implantará a Operação Descida (7×3) com previsão de permanência até as 13h de quinta-feira. Durante este período os veículos que seguirem em direção ao Litoral poderão utilizar as pistas sul e norte da rodovia Anchieta e também pela pista sul da rodovia dos Imigrantes. Já a subida será feita apenas pela pista norte da rodovia dos Imigrantes. Na volta do feriado prolongado o tráfego deve se intensificar no domingo (5), a partir das 12h, horário em que está prevista a implantação da Operação Subida (2×8) no SAI. Nesta operação a subida será feita pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e pela pista norte da rodovia Anchieta. A descida será permitida somente pela pista sul da Anchieta. A previsão é de que esta operação permaneça até as 20h. É importante destacar que a inversão de sentido das rodovias do SAI, durante as operações de tráfego, ocorre apenas no trecho de Serra – entre o km 40 e o km 55 da Via Anchieta, e entre o km 40 e o km 57 da rodovia dos Imigrantes.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, onde a ocorrência de neblina é mais frequente, a concessionária Ecovias e a Polícia Militar Rodoviária podem realizar a Operação Comboio, ação na qual os carros que seguem sentido litoral são represados nas praças de pedágio (km 31 da Anchieta e km 32 da Imigrantes) sempre que a visibilidade fica abaixo de 100 metros. Os veículos saem escoltados por viaturas da Polícia Rodoviária e da concessionária a uma velocidade máxima de 40 km/h como medida de segurança.

Considerando somente o movimento esperado para a praça de pedágio de Itaquaquecetuba, no sentido interior da rodovia Ayrton Senna, a expectativa é que entre 200 e 253 mil veículos deixem a capital. Na saída dos motoristas para o feriado prolongado, a previsão é de que o fluxo de veículos seja mais intenso das 16h às 19h desta quarta-feira (1º) e entre 9h e 14h de quinta-feira (2). No retorno a São Paulo, a Ecopistas aguarda maior fluxo de veículos das 14h às 18h de domingo (5).

Emergências

É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências. O serviço de ajuda ao usuário, prestado pelas concessionárias de rodovias, é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 6,9 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas. O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*