Árvore da espécie flamboyant começou a ser removida ontem, dia 23.

Após análise técnica realizada pelo Departamento de Meio Ambiente (DMA), órgão ligado ao Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras), constatou-se a necessidade do corte de quatro árvores conhecidas popularmente como flamboyant na Praça Oito de Abril. De acordo o órgão, as árvores apresentam risco de queda por estarem com a raiz e o tronco infestados de pragas.

A remoção é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, Urbanos e Rurais, por meio da empresa Forty. Os trabalhos de remoção de uma das árvores tiveram início pela manhã primeiramente com o corte e desbastamento dos galhos. O tronco e raízes serão removidos posteriormente.

“A direção da escola entrou em contato conosco para que fizéssemos uma vistoria técnica no local. Avaliamos todas as árvores e, das 14 espécies existentes no entorno da unidade, seis estão condenadas. O corte neste caso é necessário, pois há um risco de queda iminente, o que poderia trazer perigo às crianças que frequentam a escola”, explicou o diretor do Departamento de Meio Ambiente, Raul de Barros Winter por meio da Secom (Secretaria Municipal de Comunicação Social e Institucional). As outras duas árvores serão removidas em breve.

Estudos são realizados para o plantio de outras árvores de médio e grande porte no local das que foram removidas. “Faremos a reposição imediata. Estamos fazendo uma análise detalhada para definirmos o plantio de espécies nativas que sejam mais resistentes às pragas. Além disso, há a possibilidade do plantio de novas mudas também no canteiro central da avenida do Café, defronte à Praça Oito de Abril”, completou o gestor ambiental do DMA, Daniel Kobori. (Com informações Secom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*