Felipe Beloto e representantes do Saema em reunião com Luiz Paulo Dezotti, da Baseplan)
Felipe Beloto e representantes do Saema em reunião com Luiz Paulo Dezotti, da Baseplan)

O presidente do Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras), Felipe Beloto, assinou a ordem de serviço para a conclusão das obras lineares do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento).

Segundo informou a assessoria de autarquia, o documento foi assinado com a Baseplan Construtora Ltda EPP, empresa que implantará interceptores em trechos descontínuos e também a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto – EEE no município de Araras/SP.

A obra foi autorizada mediante documentação encaminhada à Caixa Econômica Federal, já que para a realização da mesma será utilizada verba do Governo Federal. De acordo com a ordem de serviço, deve iniciar imediatamente poderá estar concluída em até nove meses.

O serviço, que envolve a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto – EEE implantada na Fazenda São Vicente, terá investimento no valor de R$ 6.186.453,98 milhões. O presidente da autarquia destacou que a implantação de um sistema de captação de esgoto moderno tem papel fundamental na preservação do meio ambiente. “Esta é mais uma obra de muita importância para o município. A estação elevatória irá cumprir função essencial em nosso sistema de captação e transporte de esgoto produzido na cidade”, disse.

 

Obra

A obra compreende a construção de 200 metros do chamado Interceptor Arary, na Fazenda São Vicente, na zona norte. O interceptor possui tubos de 400 milímetros de concreto armado, numa extensão de cerca de 200 metros. Com vazão de 50,32 litros por segundo, esse interceptor será o responsável pela coleta do esgoto captado por meio de outro emissário que já está instalado atrás da propriedade, e vai conectá-lo à rede principal, sob a Avenida Fábio da Silva Prado.

Também integra a ordem de serviço a implantação da Linha de Recalque Norte, sob a Avenida Fábio Prado, com a instalação de três válvulas ventosas. Além disso, um emissário de esgoto da margem esquerda da avenida Dona Renata, que terá início no cruzamento com a Fábio Prado e segue rumo à zona leste, por 5.374,94 metros, até chegar à Estação de Tratamento de Esgoto.

Esse emissário será feito de tubos corrugados em PEAD (Polietileno de Alta Densidade) com diâmetros de 450 mm, 600 mm e 750 mm, contando com 73 poços de visita (PVs), além de um sifão invertido na chegada da ETE (para transposição do Ribeirão das Araras).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*