Manifestantes em frente do Obelisco

Representantes do Movimento Brasil Livre passaram por Araras na última quinta-feira, dia 30, e fizeram um ato contra a presidente Dilma Roussef (PT – Partido dos Trabalhadores) em frente do Obelisco da Praça Barão de Araras.

De acordo com Fernando Holiday, que discursou na  Praça Barão pela Marcha, a população está percebendo que foi enganada nos últimos anos, uma vez que das favelas ainda “jorram” sangues e as pessoas estão agonizando nas filas dos hospitais. “O povo acordou e essa marcha carrega nas costas o peso de milhares de pessoas que foram para as ruas e estão sendo esmagadas por um estado corrupto e ineficiente”, ressaltou.

Manifestantes em frente do Obelisco
Manifestantes em frente do Obelisco

O grupo saiu de São Paulo no último dia 22. “Inspirada em grandes movimentos populares, como a “Marcha de Washington”, liderado por Martin Luther King, a “Marcha pela Liberdade”, organizada pelo MBL – Movimento Brasil Livre vai percorrer 1.007 km em 30 dias, para entregar ao congresso uma pauta de reivindicações contra corrupção, fim da fraude orçamentária e pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef”, dizem os organizadores.

As lideranças do Movimento Brasil Livre, um dos principais organizadores dos protestos anti – Dilma de março e abril, iniciaram uma marcha até Brasília, onde pretendem apresentar pedido formal do impeachment da presidente da República. Os organizadores esperam cumprir o percurso de cerca de 1,1 mil quilômetros em 33 dias organizando eventos nas cidades por onde vão passar.

A revolta foi motivada pelo aumento do preço do litro da gasolina, a corrupção na Petrobras (maior estatal brasileira), aumento dos impostos e arrocho fiscal.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*