A lotérica assaltada fica na avenida Padre Alarico Zacarias, Belvedere

Mais uma lotérica em Araras foi alvo de assaltantes. Dessa vez a Lotérica Belvedere teve seus caixas roubados por aparentemente quatro homens armados que fugiram logo em seguida sem serem identificados. O assalto aconteceu no Jardim Belvedere no início da tarde de ontem, dia 8, e ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Militar, baseada em depoimentos de vítimas e testemunhas, o crime aconteceu às 12h55 e foi anunciado no momento em que uma funcionária chegava após o horário de almoço e entraria por uma porta que dá acesso aos caixas. Nesse momento, em que uma segunda funcionária abria a porta pelo lado de dentro, um dos bandidos, que até então estava disfarçado como cliente em uma fila, abordou as duas funcionárias com uma arma de fogo.

A lotérica assaltada fica na avenida Padre Alarico Zacarias, Belvedere
A lotérica assaltada fica na avenida Padre Alarico Zacarias, Belvedere

No instante em que um dos bandidos roubavam os caixas, um segundo homem, também armado foi para os fundos do estabelecimento para também roubar o dinheiro que teria lá. Ainda de acordo com testemunhas, além dos dois bandidos no interior da lotérica, mais dois aguardavam seus comparsas do lado de fora dentro de um Fiat Pálio de cor cinza. A ação que durou cerca de dois minutos resultou na fuga dos quatro bandidos. A Lotérica, até o fechamento dessa edição, ainda não havia contabilizado o valor roubado.

Com as informações do modelo e cor do carro, a Polícia Militar iniciou as buscas dos bandidos até encontrar o carro nas proximidades do Lago Municipal, entretanto, ninguém estava mais no veículo. Ainda de acordo com a PM, o carro que foi usado no assalto tinha sido roubado em Limeira/SP na manhã de ontem. No assalto, a vítima foi levada com os bandidos até Cordeirópolis, onde foi abandonada.

Na Lotérica, existe um sistema de monitoramento por câmeras de segurança, entretanto segundo um policial militar envolvido na ocorrência é difícil identificar os ladrões, já que usavam bonés e óculos escuros. A Polícia Civil já teve acesso às filmagens e disse que vai investigar o caso, mas até o término dessa edição ninguém havia sido preso ou até mesmo identificado.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*