Após o assalto, a administração do local colocou um cartaz explicando o motivo do não funcionamento do hospital durante a madrugada
Após o assalto, a administração do local colocou um cartaz explicando o motivo do não funcionamento do hospital durante a madrugada
Após o assalto, a administração do local colocou um cartaz explicando o motivo do não funcionamento do hospital durante a madrugada

Dois bandidos armados e com capacetes assaltaram durante o início da madrugada de ontem, dia 15, uma guarda municipal que realizava a segurança da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) “Elisa Sbrissa Franchozza”. Os bandidos levaram o revolver da agente e também o rádio comunicador que dá frequência direta com a Guarda Municipal e a Polícia Militar.

Após o assalto, a administração do hospital encerrou os atendimentos na unidade e avisou a população por meio de um cartaz. “Hoje atividades na UPA Elisa Sbrissa Franchozza estarão encerradas após a ocorrência de um assalto. Por motivos de segurança pedimos que dirijam-se até o Hospital São Luiz para atendimentos. Retornaremos nossas atividades normais apartir (a partir) das 7 horas. Gratos pela compreensão”, dizia o cartaz. As atividades foram retomadas durante a manhã de ontem.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*