A pedagoga Adriele Roberta Brucieri ocupou a Tribuna para falar sobre a importância da equoterapia
A pedagoga Adriele Roberta Brucieri ocupou a Tribuna para falar sobre a importância da equoterapia

O secretário municipal de Planejamento, Gestão e Mobilidade, Fábio Augusto Peetz Herling Franco, utilizou a Tribuna Livre da Câmara Municipal para falar sobre o andamento das obras da Prefeitura Municipal, bem como sobre iluminação pública.

Fábio, que ainda acumula interinamente a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, foi convidado pela presidente do Poder Legislativo, vereadora Magda Carbonero Celidorio (PSDC – Partido Social Democrata Cristão), para fazer o balanço.

Ele explanou primeiramente sobre como tem sido feita a manutenção do serviço de iluminação pública, que, desde 2015, é responsabilidade da Prefeitura Municipal, principalmente a substituição de lâmpadas queimadas nos postes.

Ao falar sobre as obras da Administração Municipal, em suas diferentes áreas, destacou as que se encontram em fase de finalização e as programadas para serem realizadas. E ainda justificou o atraso daquelas custeadas com recursos federais e estaduais.

Segundo ele, algumas foram paralisadas em decorrência da falta de repasses de ministérios e secretarias. A Prefeitura estuda a conclusão das mesmas com recursos do próprio município, informou Fábio.

O vereador Valdevir Anadão – Prof. Dê (PT – Partido dos Trabalhadores) ressaltou em seu discurso a importância da presença do secretário para informar sobre o andamento das obras do município e abordou o serviço de iluminação pública que tem gerado uma série de reclamações na cidade.

Já o vereador Mário Corrochel Neto – Bonezinho (PP – Partido Progressista) sugeriu que a administração municipal crie um sistema telefônico 0800 para receber reclamações da população sobre a iluminação pública.

Nesta segunda-feira, representantes do Sindsepa (Sindicato dos Servidores Públicos de Araras) estiveram na Câmara Municipal de Araras em contato com os vereadores porque foram informados que nos próximos dias o Governo de Araras, enviará o Projeto de Lei relacionado a cesta básica, o convênio médico e também a licença maternidade de 180 dias e que esse benefício não abrangesse os ACTs. “O entendimento do Sindicato sempre foi no sentido de que vocês professores admitidos em caráter temporário – quando no exercício da função, são servidores públicos, assim como os efetivos e os comissionados, tendo os mesmos direitos, pois, estão servindo a população, educando as crianças e transmitindo os conhecimentos para a formação do futuro de nosso país”, se posicionaram em nota.

O vereador Breno Zanoni Cortella (PT – Partido dos Trabalhadores) destacou que a Prefeitura deverá garantir aos professores de contratação temporária o acesso à cesta básica mensal e ao convênio médico, por meio do envio de projeto de Lei à Câmara.

O vereador Marcelo de Oliveira (PRB – Partido Republicano Brasileiro) também tranquilizou a categoria quanto aos benefícios.

 

Pedagoga fala sobre equoterapia na Tribuna Livre
A pedagoga Adriele Roberta Brucieri ocupou a Tribuna Livre da Câmara Municipal para falar aos vereadores e público presente sobre a importância da equoterapia, em especial, para pessoas portadoras de necessidades especiais.

A equoterapia é um método terapêutico e educacional que possibilita ganhos físicos, psicológicos e educacionais ao paciente, por meio da utilização do cavalo. A atividade promove o desenvolvimento da força muscular, flexibilidade, conscientização do próprio corpo, disciplina, coordenação motora, equilíbrio, socialização, dentre outros benefícios.

Adriele realiza o trabalho na Hípica Brucieri, com equipe formada por um fisioterapeuta e um psicólogo. Ela solicitou apoio dos vereadores para a celebração de convênio com a Prefeitura Municipal, a fim de estender a equoterapia para toda a população.

(Maria Gabriela Córnia Com informações da Diretoria de Comunicação/CMA)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*