Na terça-feira (17), à tarde, último dia de Carnaval, o Bloco das Piranhas salvou o Carnaval de Conchal, desfilando pelas ruas centrais da cidade com irreverência e animação. Nos dias anteriores, a chuva não deu trégua para os blocos, limitando-os em suas folias.

Os componentes do Bloco das Piranhas, na sua maioria jovens, bem dispostos e alegres, aproveitaram o bom tempo e percorreram as principais ruas arrastando atrás de si centenas de curiosos e simpatizantes.

A Prefeitura não promoveu, este ano, o tradicional Carnaval Popular na Avenida São Paulo e nem mesmo o Canhão de Espumas para a criançada. O motivo, segundo o prefeito, foi a escassez de água e de recursos financeiros. Além disso, foi considerado também, o risco de aumentar a propagação da dengue pela aglomeração de pessoas, pois diversos municípios vizinhos à Conchal estão convivendo com epidemia de dengue.

Embora as festividades carnavalescas façam parte da tradição cultural popular e são responsáveis pelo aumento das vendas nos comércios das pequenas cidades, não são consideradas serviços essenciais. Por isso, muito sabiamente, por diversas circunstâncias, não se importando com a tradição, o governo municipal cancelou o Carnaval Popular e o Canhão de Espumas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*