Jair Bolsonaro confirma mais dois nomes do novo governo

O presidente eleito anunciou nesta quarta-feira (21), por meio de sua conta no Twitter, o nome de André Luiz de Almeida Mendonça para chefiar a Advocacia-Geral da União.

André Luiz, que é o atual corregedor-geral da AGU, é pós-graduado em Direito pela Universidade de Brasília.

A outra confirmação desta quarta-feira foi o nome do advogado Gustavo Bebianno como ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

Bebianno é um dos conselheiros de Jair Bolsonaro e foi uma das figuras mais próximas ao presidente eleito durante a campanha.

Além disso, na terça, Bolsonaro anuanciou nome do seu ministro da Saúde, o deputado Luiz Henrique Mandetta, do DEM do Mato Grosso do Sul.

Os outros nomes já definidos da equipe de Bolsonaro são: o deputado Onyx Lorenzoni, na Casa Civil; o economista Paulo Guedes, no Ministério da Economia; general Augusto Heleno, comandará a Segurança Institucional e o tenente-coronel Marcos Pontes será ministro da Ciência e Tecnologia.

O juiz Sérgio Moro assume o Ministério da Justiça, a deputada Tereza Cristina, o da Agricultura e o general Fernando Azevedo e Silva ficará à frente do Ministério da Defesa.

O ministério das Relações Exteriores terá como chefe o diplomata Ernesto Araújo e a Controladoria-Geral da União seguirá, no governo Bolsonaro, sob comendo do atual ministro Wagner Rosário.

Mais Notícia

COMPARTILHAR