Carroceria do veículo é feita em madeira entalhada, com detalhes que remetem ao início do século passado

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Geração de Emprego e Renda e o Comtur (Conselho Municipal de Turismo) de Araras farão hoje, dia 22, a apresentação de um bonde turístico que deverá, em breve, fazer parte das cenas urbana e rural de Araras.

O bonde ficará estacionado na Praça Barão, em frente à Basílica de Nossa Senhora do Patrocínio, das 9h às 10h30, quando então sairá para um passeio demonstrativo levando convidados – membros do Comtur, imprensa e algumas autoridades – até o Parque Municipal Fábio da Silva Prado (Lago). Em seguida, voltará à Praça Barão onde ficará até perto das 12h, seguindo de volta para a cidade onde é fabricado.

Carroceria do veículo é feita em madeira entalhada, com detalhes que remetem ao início do século passado
Carroceria do veículo é feita em madeira entalhada, com detalhes que remetem ao início do século passado

Produzido artesanalmente em uma fábrica de Barra Bonita, o bonde tem riqueza visual com detalhes que remetem ao início do século passado, quando veículos parecidos, que se moviam sobre trilhos e debaixo de linhas elétricas, eram sinônimo de modernidade em grandes metrópoles europeias e brasileiras.

A diferença é que este é montado sobre rodas, tem seu próprio motor e vem sendo adquirido por empresas de várias partes do Brasil, para servir a passeios turísticos, por rotas variadas, tanto em cidades quanto em áreas rurais.

O objetivo da Secretaria de Desenvolvimento e do Comtur com a apresentação é colher subsídios para finalizar estudos que deverão resultar na criação do passeio turístico com um veículo similar em Araras. “Vamos estudar bem, ver como o bonde roda na nossa malha viária, em especial no Centro onde há os paralelepípedos e vamos depois elaborar um edital de concessão para ver se alguma empresa de transporte ou de turismo se interessa por explorar esse serviço. A ideia é propor um roteiro previamente estudado pelo Comtur que saia da cidade e vá até algum ponto da zona rural, como, por exemplo, o bairro rural de Elihu Root”, exemplifica o secretário Leonardo Dias.

O bonde será adquirido pela empresa que vencer a concessão e que, seguindo as regras do futuro edital, oferecerá o passeio com atrativos mediante cobrança de ingresso para os usuários.

A administração municipal já manifestou interesse em outras épocas, por fomentar esse tipo de iniciativa e também aliar essa futura concessão a uma outra, para exploração das antigas instalações da Estação Ferroviária de Elihu Root.  “Mas isso já é uma outra etapa do projeto, também em estudos. No momento estamos focados em dar forma a esse projeto do passeio com o bonde”, reforça Dias.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*