Certificados foram entregues pelo Consultor de Negócios do Sebrae de São Paulo Crédito: Gabriela Grigoletto
Certificados foram entregues pelo Consultor de Negócios do Sebrae de São Paulo
Crédito: Gabriela Grigoletto

O prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT- Partido dos Trabalhadores) recebeu na manhã de ontem, dia 3, mais dois certificados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) como “Prefeito Empreendedor”. Neste ano Brambilla foi contemplado em duas categorias: “Desburocratização e Formalização” e “Compras Governamentais de Pequenos Negócios”.

É a segunda vez que Brambilla recebe o prêmio do Sebrae, o primeiro foi entregue no ano de 2014. O prêmio “Prefeito Empreendedor” tem como objetivo destacar a administração pública que adota atitudes que desburocratizam a abertura de microempresas e criam condições de apoio ao empreendedor individual do município.

Para fazer a entrega dos certificados esteve presente no evento o Consultor de negócios do Sebrae de São Paulo, Luis Adriano Alves Pinto. “Em Araras, nós conseguimos obter sucesso através da Secretaria de desenvolvimento com o trabalho que o prefeito realizou junto com a secretaria para que os microempresários pudessem ter vez. Tanto no processo de desburocratização, quanto na compra do negócio”, afirma Luis Adriano.

No município de Araras houve um grande avanço na formalização de pequenos empresários, saltando de 500 para mais de 3 mil. Além da capacitação de 67 funcionários e 22 empresas que tiveram curso sobre compras públicas.

O primeiro certificado trata de simplificar e dar mais agilidade nas respostas e no atendimento às solicitações, com redução do tempo de abertura das micro e pequenas empresas, alterações e encerramento de empresas, orientações, capacitação empresarial e modernização dos processos burocráticos.

O segundo certificado diz respeito aos incentivos às microempresas e empresas de pequeno porte de Araras participarem de licitações públicas para contratação de serviços com valor de até R$ 80 mil. Diversas licitações já foram abertas pela Prefeitura neste sentido.

O prefeito Nelson Dimas Brambilla citou ainda que o vereador Carlos José da Silva Nascimento – Zé Bedé (PT- Partido dos Trabalhadores) tem grande participação nessas conquistas, já que foi o grande incentivador da implantação e criação da Lei Geral Municipal da Microempesa e da Empresa de Pequeno Porte do Município de Araras. Fazendo com que haja a redução da burocracia e facilite a vida de quem possui ou pretende abrir um pequeno negócio.

“Agradeço o vereador Zé Bedé que insistiu muito para que eu criasse e regulamentasse essa Lei em Araras. Inclusive, ele trouxe exemplos de outras cidades para que nós pudéssemos adequá-los na cidade. Hoje estamos colhendo os frutos”, comemora o prefeito Brambilla.

De acordo com os dados da Secretaria de Desenvolvimento, em julho de 2012, a sala do empreendedor , quando foi inaugurada, contava com 563 empreendedores formalizados, hoje em 2016, o número é 625% maior, representando 3.523 empreendedores formalizados, ou seja, um aumento de 2.960 na formalização.

“A sala do empreendedor foi um pedido do próprio prefeito e tivemos o privilégio de implantar este local em 2012. O objetivo da sala é ajudar no desenvolvimento real dos empreendedores. Hoje contamos com essa grande diferença nos números apresentados de 2012 e 2016”, declara Leonardo Dias, secretário de desenvolvimento.  A Secretaria ainda conta com parceria do Sebrae e demais instituições que oferecem cursos gratuitos à população, como o Sesi. “Nós podemos proporcionar cursos de qualificação através dessas parcerias, como os cursos no Centro de Turismo. E através desses aprendizados a pessoa pode começar a montar seu próprio negócio, como manicure, eletricista, entre outros”, salienta Leonardo Dias.

Presente também no evento estava o eletricista Nelson Pratero que através do banco do povo, conquistou seu próprio negócio e hoje presta serviço para Prefeitura.

“Quando pretendia ser um microempreendedor e ter minha própria empresa não achei nenhuma dificuldade quando fui ao banco do povo. Vi aquele local como meu parceiro, entendi que haviam pessoas dispostas a me ajudar.

Quando consegui ser um microempreendedor fiz cursos que o próprio banco do povo me chamou para poder participar de licitações da prefeitura, tanto que no começo desse ano participei de uma e ganhei. Agora presto serviço para Prefeitura, afirmo que trabalho 90% para prefeitura”, declara o eletricista.

Homenageada durante o evento, a agente de desenvolvimento Vanesssa Buzolin também recebeu elogios do prefeito com relação ao seu trabalho.

“Esse prêmio que recebo hoje é na verdade para todos nós, sou apenas um representante. Devo esse certificado a equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Geração de Emprego e Renda, Brambilinha e demais envolvidos que se mostraram entusiasmados com o trabalho”, declara Brambilla.

 

Lei de incentivo ao microempreendedor

 

Com informações da secom

 

A lei de incentivo às microempresas, sancionada pela Prefeitura de Araras, também permite outros benefícios. Por exemplo, nas contratações feitas pela Prefeitura, a administração municipal deve conceder tratamento diferenciado e simplificado a Micro e Pequenas Empresas de Araras e da região. Nas licitações, é necessário que seja assegurada, como critério de desempate, a preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte.

A administração também fica autorizada a conceder benefícios com o objetivo de estimular e apoiar a instalação de cooperativas, associações e condomínios de microempresas e empresas de pequeno porte, bem como incubadoras no município e realizar parcerias com instituições públicas e privadas, para o desenvolvimento de projetos que tenham por objetivo valorizar o papel do empreendedor e despertar vocações empresariais.

(Gabriela Grigoletto) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*