Segurança na fronteira do Brasil com a Venezuela será reforçada

De acordo com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o efetivo do Exército passará de 100 para 200 soldados, e todas as equipes da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal no Estado também crescerão.

Isso porque, a situação de emergência nas áreas da saúde, educação e assistência social no país vizinho fez com que um grande número de venezuelanos viesse para cá através de Boa Vista, em Roraima.

Um projeto-piloto prevê a geração de empregos para os venezuelanos mais qualificados, em outros Estados do país, segundo o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

Existe ainda a possibilidade de integrar profissionais de saúde ao Mais Médicos e professores ao sistema de ensino.

Mais Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*