A Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil terá início do dia 15 de agosto. A imunização é destinada a crianças menores de cinco anos e estará disponível nas cinco salas de vacinação, que vão funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. É obrigatório apresentar a carteirinha de vacinação das crianças.

Em Araras, o público-alvo estimado da campanha envolve 6.500 crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias.

A vacina contra a pólio se destina a todas as crianças desta faixa etária, mesmo as que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia, ou que já tenham tomado outras doses anteriormente. Não existe tratamento para a pólio, somente a prevenção por meio da vacina. A poliomielite, também conhecida como pólio ou paralisia infantil, é uma doença que atinge o sistema digestivo e se expande ao sistema nervoso, podendo causar paralisia e deformações no corpo.

Apesar de o Brasil não ter registro de casos desde 1989, é importante manter campanhas de vacinação anuais, em duas etapas, porque o poliovírus, causador da enfermidade, pode ser reintroduzido no país, já que sua circulação ainda ocorre em países como a Índia, Nigéria, Paquistão, Egito, Niger, Afeganistão e Somália

Também será realizada a Campanha de Multivacinação, que visa a atualização das doses destinadas a crianças de até cinco anos. É indispensável que os pais e responsáveis apresentem a caderneta de vacinação das crianças, documento que comprova quais doses já foram aplicadas, quais estão em atraso e quais deverão ser tomadas.

Para crianças que não possuem ou perderam a caderneta, a orientação aos pais é que levem os filhos para que sejam avaliados pelos profissionais de saúde. Eles seguirão protocolo do Ministério da Saúde, atualizando as doses de acordo com a faixa etária.

As vacinas disponibilizadas fazem parte do calendário básico infantil, estabelecido pelo Ministério da Saúde – entre elas, BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

 

Locais das salas de vacinação

• PSF Madre Carla Rabolin (Jd. Alvorada)

• PSF Ênio Vitali (Jd. Piratininga)

• PAM Osvaldo Salvador Devitte (Narciso Gomes)

• PSF Edmundo Ulson (Pq. Tiradentes)

• PAM Antônio Carlos Fabrício (José Ometto I)

• CSII Dr. João Geraldo Noronha (Jd. Belvedere)

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*