Entrega do reservatório e do poço artesiano aconteceu no último domingo, dia 31, no Jardim Rosana Crédito: divulgação
Entrega do reservatório e do poço artesiano aconteceu no último domingo, dia 31, no Jardim Rosana
Crédito: divulgação

O Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Município) de Araras elevou de 2009 para cá sua capacidade de armazenagem externa de água tratada de 6,7 milhões de m³ para mais de 18,5 milhões de m³. A elevação se deu após investimentos em diversos novos reservatórios e também com a adequação de um dispositivo que já existia.

O dado foi informado pelo presidente executivo da autarquia, Romildo José Bollis, na manhã do último domingo, dia 31, durante a entrega do reservatório construído no Jardim Rosana, extremo oeste da cidade. Na ocasião, o Saema entregou também um dos oito poços artesianos implantados em diversas regiões da cidade. Tanto o poço quanto o reservatório ficam contíguos à Praça José Celtron.

O poço artesiano do Rosana tem profundidade de 240 metros e vazão de 7,0m³, e o reservatório de água potável de 20,94 metros de altura tem capacidade para guardar 100 mil litros. O investimento total nos dispositivos inaugurados foi de R$ 410.837,30, com recursos do próprio Saema.

O novo reservatório do Jardim Rosana soma-se a outros, de diferentes tamanhos e configurações, que foram implantados nas regiões norte, leste, sul e sudeste da cidade, de 2009 até agora.

Para Bollis, a decisão de ampliar a capacidade de reservar água tratada é uma questão estratégica para o Saema aprimorar o abastecimento à população. “Ao termos mais capacidade de reserva de água, tomamos uma postura preventiva, com melhores condições de garantir o abastecimento inclusive em períodos críticos”, afirmou ele durante a inauguração.

Ricardo Gonzaga da Silva, empresário e presidente da Associação de Moradores do bairro, também participou do evento e destacou a importância das obras para quem vive nas proximidades. “Nós consideramos estas obras muito importantes para a estrutura dessa região e, claro, para dar tranquilidade de que teremos o abastecimento de água suficiente”, disse.

Em sua manifestação, o prefeito Nelson Dimas Brambilla fez questão de lembrar que os investimentos do Saema não se limitaram à construção dos reservatórios e poços, nos últimos anos. “Nós também fizemos uma melhoria histórica na estação de captação de água bruta do rio Mogi Guaçu. Aprendemos muito com a crise hídrica e hoje estamos mais maduros em relação ao uso racional da água”, declarou.

No próximo domingo, dia 7, o Saema entrega, às 10 horas, o novo reservatório de 1 milhão de litros construído no canteiro central da avenida Luiz Carlos Tunes (Via Novela), junto ao residencial Portal do Sol, na zona leste.

(Com informações Secom/PMA  e Comunicação/Saema)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*