Apenas três meses após a entrega das casas do Residencial “Prefeito Milton Severino”, que fica ao lado do Aeroporto Municipal, já existe uma denúncia de abandono de uma moradia no local. Uma das casas foi flagrada em total situação de abandono, a residência está com portas e janelas arrombadas, além de eletrodomésticos danificados, produtos de uso na cozinha jogados pelo chão, pia danificada, entre outras evidências de abandono.

De acordo com um moradora das proximidades, que preferiu não se identificar, há semanas o local já é usado como ponto de consumo de drogas e também relações sexuais, já que sons podem ser ouvidos pela vizinhança. Indícios dessas atividades também podem ser encontrados espalhados pelo chão da moradia, como preservativos usados.

Ainda de acordo com essa moradora da região, a situação causa temor aos vizinhos. “Estamos ficando com medo já. Temos crianças pequenas e acabamos flagrando gente entrando para usar droga e tudo mais, então ficamos com medo”, disse.

Outro ponto levantado pelos moradores da região, é com relação a quantidade de pessoas que aguardam receber casas próprias em Araras. “Tem tanta gente por aí precisando, alguém precisa tomar uma providência”, desabafou.

Questionado sobre a atual situação, a Emhaba (Empresa Municipal de Habitação de Araras) disse já estar tomando providências a respeito. “A situação desse imóvel já é de conhecimento da Emhaba e também já comunicamos à Caixa Econômica Federal sobre o abandono. De acordo com a previsão contratual, seria o caso uma rescisão contratual, passar a casa ao próximo da lista”, disse Jackson de Jesus, presidente da autarquia.

Ainda conforme informações da Emhaba, a decisão não é da autarquia. “É bom lembrar que toda a questão do descumprimento contratual e a retomada da casa quem faz é a Caixa e não nós”, disse o presidente.

A redação do Opinião Jornal tentou entrar em contato por meio de dois números com a proprietária da casa abandonada, porém não foi obtido sucesso.

As 680 residências do bairro integram o programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida, foram entregues aos moradores no final do último mês de julho. As casas têm 46 m² de área construída, dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro. O terreno tem área de 8m x 20m, o que possibilita, portanto, ampliações e melhorias nos imóveis. Todas as unidades são equipadas com sistema de aquecimento solar.

As unidades foram destinadas ao público da chamada “Faixa 1” do Minha Casa, Minha Vida, voltado a famílias com renda entre zero e R$ 1.600 mensais. Há subsídios também do programa Casa Paulista, do Governo Estadual.
abandono 1

abandono 2

abandono 3

abandono 4

abandono 5
A casa está há semanas situação de abandono, a residência está com portas e janelas arrombadas, além de eletrodomésticos danificados, produtos de uso na cozinha jogados pelo chão, pia danificada entre outras evidências de abandono
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*