Romênia lidera número de casos de sarampo dos 15 países que registram o problema na Europa

Já são mais de 5 mil e 500 ocorrências no país. Em seguida vem a Itália e a Ucrânica.

A doença teve aumento de 400% no continente em 2017 em comparação com o ano anterior, segundo a Organização Mundial da Saúde. Mais de 20 mil pessoas foram infectadas, e 35 morreram.

A proteção contra o sarampo pode ser feita através de uma vacina, que tem 97% de eficácia. Mas, para as autoridades, o número de pessoas que não procuram a imunização caiu, parte por conta do movimento antivacina.

Este é um grupo crescente de pais que decide não vacinar os filhos, seja por crenças filosóficas, religiosas, medo dos efeitos colaterais ou porque são contra a indústria da imunização.

O sarampo é uma doença viral altamente infecciosa que pode ser mortal. Os sintomas aparecem apenas de 10 a 14 dias após a exposição.

Entre os principais, estão tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e erupção cutânea com manchas vermelhas.

Mais Notícias

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*