13 dos 14 idosos que começam a ser atendidos na segunda-feira; em breve, novas vagas serão disponibilizadas, pois o local comporta até 50 idosos

O Centro Dia do Idoso Orlando Denardi (Picão Denardi) inicia suas atividades na segunda-feira, dia 9, acolhendo os primeiros selecionados para ocupação das vagas disponíveis. Eles permanecerão no local de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h, participando de atividades esportivas, culturais e recreativas, com o acompanhamento de profissionais de saúde e de assistência social. Os beneficiados pelo projeto foram conhecer as instalações do centro, sua funcionalidade e a equipe responsável pelo atendimento nesta sexta-feira, dia 6.

Os idosos e seus familiares foram recepcionados no local pelo prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido dos Trabalhadores), pela primeira-dama e presidente do Fuss (Fundo Social de Solidariedade), Elaine Brambilla, e pela secretaria de Ação Social, Regina Helena Costa Picolini.

13 dos 14 idosos que começam a ser atendidos na segunda-feira; em breve, novas vagas serão disponibilizadas, pois o local comporta até 50 idosos
13 dos 14 idosos que começam a ser atendidos na segunda-feira; em breve, novas vagas serão disponibilizadas, pois o local comporta até 50 idosos

O prefeito lembrou que o Centro Dia do Idoso marca o início de uma nova política pública no município, voltada ao cuidado de pessoas da terceira idade. “Esta é uma estrutura diferenciada, onde a pessoa não vai ficar internada. Vai passar o dia aqui e retornar para casa à tarde. É uma nova forma de protegê-las nos momentos de vulnerabilidade”, comentou.

Brambilla reforçou também que o local vai receber inicialmente 14 idosos, mas que, dentro de alguns meses, este número tende a ser ampliado. “Araras está saindo na frente. Embora algumas cidades já tenham centros semelhantes, eles não têm a mesma qualidade e excelência do nosso”, finalizou.

Após a recepção, os idosos admitidos e seus respectivos responsáveis assinaram um termo de compromisso, concordando com as regras estabelecidas pelo CDI.

O local conta com equipe multiprofissional, formada por psicólogo, nutricionista, orientadores sociais, assistente de enfermagem, cozinheira, servente e assistente administrativo. Todos os profissionais foram contratados por meio de concursos públicos realizados pela Prefeitura.

A secretária Regina Helena Costa Picolini lembrou que os idosos assistidos no local terão atividades variadas ao longo do dia. “Eles chegarão aqui e, após o café, haverá atividades de educação física, dança e artesanato. Fizemos convênio com a Uniararas e, além dos profissionais, teremos também voluntários que nos auxiliarão nos trabalhos”, observou.

Ela reforçou que o processo de seleção dos idosos foi transparente, inclusive com publicação das listas na imprensa e que o serviço oferecido no Centro Dia do Idoso preza pela qualidade. “Vamos sentir como será a rotina, a convivência entre os idosos e as atividade que mais gostam de fazer”, analisou.

Prefeito Brambilla cumprimentou um por um os primeiros idosos que vão ser atendidos no local a partir de segunda-feira e que foram ao evento
Prefeito Brambilla cumprimentou um por um os primeiros idosos que vão ser atendidos no local a partir de segunda-feira e que foram ao evento

Os assistidos pelo Centro Dia foram selecionados em processo seletivo realizado entre 21 de setembro e 9 de outubro. Nesta primeira chamada foram admitidos 14 idosos , sendo que três vagas caracterizam-se como de reservas técnicas à disposição do Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), com o intuito de atender idosos em situação emergencial, de isolamento ou mesmo de abandono.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Ação e Inclusão Social, pasta responsável pelo Centro, 33 inscrições foram realizadas nesta primeira etapa. A lista com os admitidos está disponível no Diário Oficial Eletrônico, do dia 14 de outubro.

Na ocasião, foi publicada também a lista de espera com idosos habilitados, porém não admitidos de imediato ao serviço. Esta lista é válida até 30 de junho de 2016. Oportunamente, será aberto outro edital para preenchimento de vagas e a divulgação será feita conforme a lei.   

O espaço será coordenado pela assistente social Genice dos Santos Souza. “Cuidaremos dos idosos durante o dia, mas precisamos também do apoio da família para que este trabalho dê certo. Teremos reuniões periódicas com filhos, esposas, maridos, irmãos das pessoas assistidas. A participação deles é fundamental em todo este processo”, reforça.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*