O Centro POP (Centro de Referência Especializado Para Pessoas em Situação de Rua) completa a rede de inclusão social planejada pela Prefeitura de Araras e complementa a estrutura necessária para que o município dê atenção aos que mais precisam.

 Ao lado do prefeito Nelson Dimas Brambilla, o juiz Thomaz Correa Farqui, titular da 2ª Vara Cível e diretor do Fórum, conheceu em detalhes o Centro POP
Ao lado do prefeito Nelson Dimas Brambilla, o juiz Thomaz Correa Farqui, titular da 2ª Vara Cível e diretor do Fórum, conheceu em detalhes o Centro POP

Inaugurado na manhã desta quinta-feira, dia 31, na rua Visconde do Rio Branco nº 675, na região central da cidade, o Centro POP passa a acolher e centralizar o atendimento a moradores de rua, oferecendo-lhes, além do abrigo conforme cada caso, também alimentação, banho, guarda de pertences, higienização de roupas e, principalmente, acompanhamento psicológico, encaminhamento para atendimento clínico, psiquiátrico, de educação e qualificação profissional.

Junto com os três Cras (Centros de Referência em Assistência Social), localizados nas regiões leste, norte e sul, do Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), que fica na região central e do Centro Dia do Idoso Orlando Denardi, que fica na avenida José Ometto, o Centro POP conclui a formação de um sistema preconizado no âmbito do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) que, segundo a própria diretora da DRADS (Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social) de Piracicaba, Maria Germeck, coloca Araras como referência no setor em toda a região. “Preciso dizer publicamente ao prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido Trabalhadores) e à secretária de Ação e Inclusão Regina Picolini, que nós, que temos a função de cobrar os municípios, temos visto a grande evolução na estrutura e na qualidade dos serviços sociais prestados em Araras. É uma das cidades referência nesse atendimento que realmente se estruturou rigorosamente dentro do que o SUAS preconiza para o País”, disse ela, durante a solenidade de inauguração.

 Combate ao desequilíbrio social

Outro que também falou da importância da atenção do poder público aos que mais precisam foi o juiz Thomaz Correa Franqui, titular da 2ª Vara Cível da Comarca e diretor do Fórum de Araras. Prestigiando a inauguração, o magistrado afirmou que ao implantar um equipamento público como o Centro POP Dr. Narciso Gomes, o município está combatendo o desequilíbrio social e contribuindo inclusive com o Poder Judiciário. “O Judiciário tem que atuar quando surgem desequilíbrios. Inclusive desequilíbrios sociais. Então, ao abrir as portas de um equipamento como este, se combate o desequilíbrio social e se contribui com o Judiciário e com a sociedade”, afirmou.

Falando sobre o patrono da unidade, o médico e político Narciso Gomes (1857-1923), integrante da Loja Maçônica que leva também o nome de um dos mais importantes personagens da história de Araras, o médico Waldy de Oliveira Filho disse que “nesses tempos conturbados, governar olhando para o próximo é muito difícil. A iniciativa da administração municipal é louvável e demonstra a valorização da vida e a solidariedade, que foram marcas da trajetória de Narciso Gomes”.

 Equipe multiprofissional

O Centro POP será composto por equipe formada por um coordenador, assistentes sociais, psicólogos, técnico de nível superior com formação em Direito, Pedagogia, Antropologia, Sociologia, Arte-educação, Terapia Ocupacional, profissionais de nível superior ou médio para a realização da abordagem social, desenvolvimento de oficinas socioeducativas, entre outras atividades, e auxiliar administrativo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*