Equipe está identificada no site da Prefeitura de Araras
Equipe está identificada no site da Prefeitura de Araras

A Prefeitura de Araras, visando proporcionar mais transparência nas ações e segurança à população, passou a disponibilizar no site www.araras.sp.gov.br/agentes/ fotos e nomes dos agentes que trabalham nas ações de combate à dengue na cidade.

Para conhecer a equipe, basta clicar no ícone “Combate a Endemias”, localizado junto a outros links de utilidade pública – como feiras livres, radares, guia do estudante, etc – no site da Prefeitura. É possível clicar na foto dos agentes para ampliá-la e verificar o nome do profissional.

A partir de agora, os agentes, que já trabalham identificados com crachás, camisas brancas e coletes com o logotipo da Prefeitura, também podem ser reconhecidos individualmente pela população. “Acho muito importante que as pessoas conheçam os agentes, até porque nós temos muitos casos em que, por desconfiança, as pessoas acabam não permitindo a entrada deles em suas casas. Nossa expectativa é de que a população veja estes profissionais como aliados no combate à dengue e permitam que eles entrem nas residências para verificar a existência de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti”, comentou Luciana Cristina Bianco, chefe do Setor de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, por meio de nota enviada à imprensa.

Os novos agentes aprovados no concurso público que está em andamento serão chamados em breve para reforçar as equipes que já trabalham no setor. Eles também serão identificados no site, assim que a contratação for formalizada.

Nas ações de combate à dengue, há sempre também a presença de carros adesivados da Secretaria de Saúde. Os agentes realizam as ações de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 7 às 16 horas, e só entram nas residências acompanhados pelo proprietário do imóvel.

 

Nova lei permite entrada em casas fechadas

Responsáveis por terrenos e edificações em Araras serão obrigados a manter os imóveis limpos e livres de criadouros de insetos – em especial, do Aedes aegypti – e não poderão impedir a entrada dos agentes da Divisão de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, sob o risco de serem notificados e multados.

As novas determinações constam da Lei nº 4.838, que dispõem sobre o Programa de Vigilância, Prevenção, Combate e Controle dos mosquitos transmissores da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

A legislação institui mecanismos a serem adotados pela Secretaria Municipal de Saúde para combater a transmissão da doença, que incluem multas a infratores que não cumprirem as intimações iniciais, com valores que variam de R$ 500 a R$ 1.000, de acordo com o tipo da infração – leve, média ou grave. Outra medida é a autorização para que os agentes entrem em imóveis particulares onde a permissão não for possível, seja por recusa ou ausência do responsável.

No caso de constatada a presença de criadouros, o infrator autuado e não reincidente terá 24 horas para regularizar a situação. Após este período, uma nova vistoria será feita no imóvel e, persistindo a infração, será aplicada multa. A lei ainda prevê que em casos de reincidência a multa será dobrada.

Mais informações podem ser obtidas junto à Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone 3543-1522.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*