Itens foram adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação sendo parte oriunda do FNDE.

Nos próximos dias, as escolas da rede municipal irão receber cerca de R$ 1 milhão em novos equipamentos e materiais pedagógicos para o ensino infantil, que foram adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação, sendo parte oriunda do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). A apresentação dos materiais aconteceu na manhã de ontem, dia 22, na sede da pasta, onde estiveram presentes autoridades, diretoras de escolas e pais que integram os conselhos das unidades de ensino infantil.

Entre os itens apresentados estão novos mobiliários escolares para as creches, tais como camas para repouso das crianças e bebês, circuitos de movimento (com estações de brinquedos como túneis, cilindros, rampas), fantoches para contações de histórias e ainda livros de banho com historinhas infantis (emborrachados, para serem manuseados na água), além de mais de oito mil volumes convencionais, para serem utilizados no estímulo aos primeiros passos na leitura.

Demonstração dos brinquedos educativos e pedagógicos.
Computador interativo cedido pelo MEC.

Segundo a secretária de Educação, Elizabeth Cilindri, a compra destes materiais visa atender a necessidade das escolas infantis requeridas pelos professores e diretores das unidades. “A conquista destes bens nos dá muita alegria. Desde o ano passado, nós viemos batalhando para isso fazendo reuniões com diretores sobre listas com itens necessários ao período da creche, que é tão importante. Com isso, nós sabemos que todo o desenvolvimento da criança sendo bem feito na educação infantil, ela com certeza vai para o ensino fundamental preparada para sua alfabetização e estudos contínuos”, disse.

Durante a coletiva, também foram apresentados brinquedos educativos e pedagógicos para auxiliar no aprendizado sobre ciências e meio ambiente. Um exemplo disso são as tartarugas e galinhas de pelúcia, que possuem zíperes na barriga e ao serem abertos, são retirados ovos de tecido. Abrindo-se o zíper dos ovos, o aluno irá se deparar com o filhote das espécies, também de pelúcia.

“Uma aula sobre meio ambiente e o reino animal com esse recurso chama muito mais a atenção da criança. Ela vai aprender brincando e nunca mais esquecerá”, argumentou a secretária.

Além destes materiais, também foi apresentada uma das 41 novas máquinas de lavar louça, compradas para facilitar o trabalho das merendeiras das escolas. Segundo Elizabeth Cilindri, há unidades que servem cerva de 300 refeições por dia.

Outro item importante adquirido pela Educação foram os computadores interativos, distribuídos pelo MEC (Ministério da Educação). Todos são equipados com lousa digital, data show, dispositivo próprio de som e entradas USB, que também gravam e exibem DVDs, além de contarem com caneta digital para que o professor escreva em letra cursiva.

No entanto, o treinamento para manuseio desses computadores acontecerá nos próximos dias. “Não podemos hoje pensar em reter a atenção dos alunos na base do giz e da lousa, ou mesmo apenas falando com eles. É preciso adotar os recursos modernos que a tecnologia nos oferece”, finalizou Elizabeth Cilindri.

Coletiva contou também com a presença do prefeito Brambilla.

O prefeito municipal, Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido dos Trabalhadores), também esteve presente durante a coletiva e ressaltou sobre a importância do investimento na Educação. “Tudo isso faz parte de um grande projeto por uma educação melhor, mais inclusiva, de mais qualidade e que dê perspectiva às nossas crianças e jovens”, explicou.

De acordo com a Secretaria de Educação, os equipamentos estão sendo entregues às unidades de ensino conforme as aplicações idealizadas. Os eletrodomésticos são para toda a rede. Já os recursos pedagógicos vão para as escolas de ensino infantil. (Com informações da Secom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*