Represas Tambury e também Hermínio Ometto terão as margens reflorestadas para garantir melhor reservação de água.

Ao todo, mais de 140 mil novas mudas de árvores serão plantadas nas margens das represas Hermínio Ometto e Antônio Meneghetti (Tambury). O reflorestamento será realizado pelo Saema (Serviços de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Araras), por meio do Departamento Municipal de Meio Ambiente (DMA), como medida crucial para preservação dos mananciais e melhor reservação da água.

Detalhes sobre as articulações para o reflorestamento serão tratados com proprietários de áreas lindeiras, durante reunião que acontece hoje, dia 26, às 9 horas, no Centro Cultural Leny de Oliveira Zurita.

Para realização dos trabalhos, a autarquia firmará parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica. Em 2009, o Saema já realizou parceria semelhante com a fundação, que resultou, na época, no plantio de 200 mil mudas de árvores nas margens da represa João Ometto Sobrinho (Água Boa).

Os trabalhos já foram finalizados e, até os dias de hoje, a fundação faz o monitoramento das áreas reflorestadas, que ao longo dos anos sofreram perdas de algumas árvores devido a incêndios ou infestação por pragas.

De acordo com diretor do Departamento de Meio Ambiente, Raul de Barros Winter, a medida tem por objetivo proteger as nascentes e evitar o assoreamento dos reservatórios.

“A previsão será plantar espécies nativas propícias para cada represa. Os trabalhos irão envolver o plantio de 45 mil mudas na Tambury e mais 95 mil na Hermínio Ometto. A medida é necessária para proteger as nascentes que abastecem as represas e ainda recuperar aquelas que tiveram sua vegetação devastada. Além disso, a revegetação garantirá melhor qualidade na água que será posteriormente distribuída à população”, explicou o diretor do DMA.

Ele também destacou que o objetivo é criar novos corredores arbóreos, incluindo espécies frutíferas que poderão, no futuro, servir de alimento para as araras soltas na natureza, cuidadas pelo Projeto Pró-Arara, desenvolvido pela Prefeitura de Araras e o IBTN (Instituto Brasileiro de Proteção à Natureza).

O presidente do Saema Felipe Dezotti Beloto afirmou que o reflorestamento será realizado em APPs (Áreas de Preservação Permanente), incluindo algumas que se encontram em propriedades rurais vizinhas às represas.

“Durante a reunião, explicaremos os detalhes sobre como se dará o processo. A intenção é reflorestar uma área de aproximadamente 100 metros que abrange as margens dos reservatórios. Deixaremos claro que a iniciativa não vai gerar qualquer ônus aos proprietários e é de suma importância para a reservação de água para abastecer nossa cidade para os próximos anos”, explicou Beloto. (Com informações da Secom).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*