A rotina do Legislativo de Araras foi interrompida mais uma vez pelo munícipe desempregado que anteriormente invadiu a recepção com um porrete de madeira “descontrolado e agressivo”. No final da manhã de ontem, dia 20, o rapaz de 32 anos, morador do Narciso Gomes, jogou três sacolas de fezes no pátio da Câmara Municipal.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem do Opinião Jornal, o desempregado, que já havia causado transtorno no mês passado, chegou de moto a sede do Legislativo, deixou ligada na esquina, entrou com três sacolas em direção a recepção, assustou-se, foi jogá-las quando rasgaram e caíram as fezes no pátio principal.

O desempregado saiu correndo, montou na moto que já estava ligada e saiu acelerando xingando os vereadores.

As fezes, humanas e de animais, teriam como destino os vereadores, porém, se não tivessem caído, as recepcionistas poderiam ter sido alvejadas pelas fezes. Coube as serventes do Legislativo limparem a sujeira.

O guarda da Câmara estava em horário de almoço e, posteriormente, fez um boletim de ocorrências na Delegacia. A Polícia Civil dará prosseguimento nas investigações.

 

Antecedentes

Na manhã do dia 7 abril o mesmo rapaz apareceu na Câmara Municipal de Araras com um bastão de madeira “exigindo um emprego. O vereador Carlos José da Silva Nascimento – Zé Bedé (PT – Partido dos Trabalhadores), que nada tinha a ver com o fato, compareceu a recepção para atendê-lo. “Ele passou a gritar com o edil dizendo que estava sendo enganado, em dado momento desferiu um golpe com a madeira que atingiu um quadro que continha fotografia dos edis, que caiu ao solo. Com a chegada da viatura passou a ofendê-lo (Zé Bedé) com palavras de baixo calão”.

Pelas informações do B.O, o desempregado estava com uma motocicleta Honta Titan com a documentação irregular, motivo pelo qual o veículo apreendido. Ele foi encaminhado a Delegacia, fichado e depois liberado.

Há informações de que o rapaz havia comparecido sem o porrete um dia antes no Legislativo para tentar arrumar confusão, mas tudo foi facilmente contornado e o problema resolvido.

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*