Porrete usado pelo desempregado na confusão
Quadro derrubado pelo desempregado na Câmara

A rotina do Legislativo de Araras foi interrompida por um munícipe na manhã desta terça-feira, dia 7. O rapaz de 32 anos, morador do Narciso Gomes, apareceu na Câmara Municipal de Araras com um bastão de madeira “descontrolado e agressivo” exigindo um emprego. Ele gritou com o vereador Carlos José da Silva Nascimento – Zé Bedé (PT – Partido dos Trabalhadores) e chegou a derrubar o quadro com a foto dos vereadores no chão.

De acordo com o boletim de ocorrências registrado na Polícia Civil de Araras, a Guarda Municipal foi acionada em virtude do rapaz causar desordens no Legislativo. “O autor apareceu no local descontrolado e agressivo na posse de um pedaço de madeira, dizendo querer serviço, pois se encontrava desempregado”.

O munícipe queria falar com os vereadores e Zé Bedé compareceu a recepção para atendê-lo. “Ele passou a gritar com o edil dizendo que estava sendo enganado, em dado momento desferiu um golpe com a madeira que atingiu um quadro que continha fotografia dos edis, que caiu ao solo. Com a chegada da viatura passou a ofendê-lo (Zé Bedé) com palavras de baixo calão”.

Pelas informações do B.O, o desempregado estava com uma motocicleta Honta Titan com a documentação irregular, motivo pelo qual o veículo apreendido. Ele foi encaminhado a Delegacia, fichado e depois liberado.

Há informações de que o rapaz havia comparecido sem o porrete um dia antes no Legislativo para tentar arrumar confusão, mas tudo foi facilmente contornado e o problema resolvido.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*