De cada 10 brasileiros, pelo menos oito avaliam o atual momento da economia como ruim

A maior parte, 68%, aponta o desemprego como um dos fatores que mais prejudicam a população.

O segundo problema mais citado foi o aumento de preços. E, na sequência, aparecem as altas taxas de juros.

A pesquisa foi feita pelo SPC Brasil em parceria com a CNDL, entidade que reúne os lojistas.

Ela também mostrou que o nível de confiança do consumidor está em apenas 42 pontos, numa escala que vai até 100.

O que, na visão dos economistas responsáveis, é consequência de efeitos da crise que continuam presentes na rotina do brasileiro.

Praticamente metade dos entrevistados disse morar com pelo menos uma pessoa que está desempregada.

E entre aqueles que trabalham, de cada 10, três admitem que têm medo de serem demitidos.

Por fim, 45% dos consumidores avaliaram a própria situação financeira como ruim.

E quase metade citaram o alto custo de vida como o problema que mais prejudica as contas da família.

Mais Notícia

COMPARTILHAR