“Nossas expectativas são as melhores possíveis e vamos fazer um curso de medicina de altíssimo nível na cidade. Pode ter certeza disso”, enfatizou o coordenador José Francisco Chagas

Sede da Faculdade São Leopoldo Mandic Araras, na avenida Dona Renata-Norte, no Parque Santa Cândida
Sede da Faculdade São Leopoldo Mandic Araras, na avenida Dona Renata-Norte, no Parque Santa Cândida

Na terça-feira (8) o diretor de graduação da São Leopoldo Mandic, Guilherme de Menezes Succi, e o coordenador do curso de medicina em Araras, José Francisco Chagas, em entrevista ao Opinião informaram que os 55 alunos da primeira turma da faculdade, sendo seis bolsistas, serão inseridos na rede de saúde pública já no primeiro semestre. “Primeiro nas unidades básicas de saúde, aprender como funciona o Sistema Único de Saúde, fazer visitas aos bairros, às regiões. Não tem obviamente um tratamento clínico, mas a estrutura da saúde pública, de como funciona, hierarquia, tudo isso já inserindo dentro das unidades básicas de saúde”. Chagas avaliou a estrutura de saúde da cidade como muito boa. “Tem uma Santa Casa de alta complexidade, uma estrutura muito bem montada em atenção primária que são as unidades básicas, os postos de saúde de família, realmente uma cidade com uma estrutura muito bem feita. Estão de parabéns todos os que se dedicaram e dedicam à saúde aqui de Araras”. Succi complementou afirmando: “Eu diria mais. É uma surpresa que até hoje uma cidade como Araras ainda não seja campo de formação para curso de medicina, porque realmente tem uma estrutura muito bem organizada tanto para atenção primária como para média e alta complexidade na Santa Casa”.

O coordenador Chagas declarou que “as expectativas são as melhores possíveis e vamos fazer  um curso de medicina de altíssimo nível na cidade, podem ter certeza disso”. E o diretor de graduação Succi frisou que “outra coisa boa é que a comunidade médica recebeu muito bem a ideia do curso de medicina, apoia a iniciativa. A interação com a comunidade médica local é excelente, a equipe da gestão municipal, das unidades básicas, do hospital tem apoiado a ideia, tem participado com a gente do planejamento, das atividades. Então, não tenho dúvida de que será um curso excelente”.

O prédio ondem funcionária a São Leopoldo Mandic Araras, na avenida Dona Renata-Norte, ainda recebe algumas complementações na estrutura física. Succi explica que “a fase de adaptação do prédio está sendo concluída e vai estar tudo pronto para começarmos no dia 21”. Chagas comentou que “essa adaptação é muito pouca, são cabeamentos para computadores, carga elétrica maior por causa dos ares-condicionados, laboratórios. O prédio já é voltado para a educação, então a daptação é só para alguns detalhes”.

As inscrições para o processo seletivo terminaram ontem (9) por volta das 23h59, mas até as 16h30 somavam mais de 2 mil. A mensalidade é igual à do curso ministrado em Campinas, ou seja, R$ 11.800,00. Chagas ressalta, no entanto, que “que a bolsa é uma determinação superior, porém, a ênfase maior é que a São Leopoldo Mandic está atendendo, além da bolsa de estudos, incluindo moradia e alimentação para essas seis vagas de bolsas. O aluno que conseguir a bolsa vai ter estudo, moradia e alimentação. É uma complementação social fantástica. É uma iniciativa do dr. Junqueira, nosso diretor geral, e isso eu achei uma ideia fantástica, porque você tira qualquer empecilho daquele de posse menor de estudar com a superbolsa da São Leopoldo Mandic”. E Succi continua: “A faculdade tem obrigação pelo edital do Programa Mais Médicos, que é o edital que motivou a abertura desse curso, a oferta de bolsa de estudos, bolsa da mensalidade, com isenção do pagamento de mensalidade, mas a São Leopoldo fez mais, e é o que nós chamamos de superbolsa, pra realmente ser uma atitude de inclusão social e de contrapartida social. A gente oferece, além da isenção da mensalidade, transporte, alimentação e moradia pra esses alunos durante o curso pra que não haja barreiras para qualquer pessoa que for aprovada no processo seletivo para bolsista ter condição de cursar medicina na São Leopoldo Mandic”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*