O exame foi aplicado no último final de semana, dias 24 e 25, em todo o país.

O gabarito oficial do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) será divulgado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais “Anísio Teixeira”) até amanhã, dia 28. As provas foram aplicadas no último final de semana, dias 24 e 25 em todo o país. Na cidade de Araras, o exame foi realizado em sete instituições.

Segundo o Instituto, os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página no endereço eletrônico portal.inep.gov.br/enem, até o terceiro dia útil seguinte ao de realização das últimas provas. Até o fechamento desta edição, a reportagem do Opinião acessou o site nos períodos da manhã e tarde, mas o gabarito ainda não estava disponível.

Depois de conferir o gabarito nesta semana, os candidatos poderão acessar os resultados individuais da edição do Enem 2015, em data a ser posteriormente divulgada, mediante inserção de CPF e senha.

Na edição 2014, o MEC (Ministério da Educação) liberou a consulta individual das notas em janeiro, somente 65 dias depois das provas. Já a inscrição para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que considera as notas do Enem para distribuição de vagas em universidades públicas, começou uma semana depois da divulgação das notas. Para a edição 2015, o ministro Aloizio Mercadante ainda não divulgou estimativas de datas para apresentação das notas ou para abertura do Sisu.

Além da seleção de vagas em universidades públicas, o Enem é obrigatório para estudantes de escolas públicas interessados em bolsas de estudo parciais (50%) ou integrais (100%) em universidades particulares por meio do Prouni (Programa Universidade para Todos), bolsas de intercâmbio pelo Ciência sem Fronteiras e para universitários que querem financiar um curso superior por meio do Fies.

 

A prova

No primeiro dia de provas, o exame teve 90 questões de múltipla escolha de ciências humanas e da natureza, que precisavam ser respondidas em quatro horas e trinta minutos.  De acordo com candidatos, as avaliações exigiram mais conteúdo e leituras e privilegiou menos as imagens do que nas edições anteriores. Na prova de ciências da natureza, alguns dos temas que foram abordados incluem assuntos sobre genética e DNA, primeiros socorros e o desempenho esportivo de Usain Bolt.

O exame foi aplicado no último final de semana, dias 24 e 25, em todo o país.
O exame foi aplicado no último final de semana, dias 24 e 25, em todo o país.

Já a prova de ciências humanas, que exigiu bastante leitura dos textos para chegar às alternativas corretas, trouxe como temas muitos pensadores do século XX, como Simone de Beauvoir e Friedrich Nietzsche, e charges de Amarildo e Ziraldo.

O segundo dia de provas foi dedicado ao conjunto “Linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática”. Foram cinco horas e 30 minutos para resolver as 90 questões, também de múltipla escolha, e produzir uma redação de até 30 linhas sobre o tema “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.

Na parte dedicada a Linguagens, a prova teve questões que citaram os artistas Luiz Gonzaga, Pixinguinha, Chico Buarque, Toquinho e Arnaldo Antunes.

Já a prova de matemática foi baseada em situações do cotidiano, como a crise hídrica e a vacina do HPV. Cálculo de área, probabilidade, logaritmo e porcentagem também estiveram no caderno de provas, que exigiu leitura de gráficos. (Com informações do Portal G1)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*