Ações de eficiência energética implementadas pela Ugem (Unidade de Gestão Energética Municipal) levaram as escolas municipais a reduzirem o consumo anual de energia em torno de 38.337 kW. Segundo dados, a economia para os cofres públicos com medidas de uso consciente foi de aproximadamente R$ 21.740,91.

A economia no consumo foi alcançada por meio da elaboração de uma planilha de gestão em todas as escolas da rede municipal de ensino, desta forma, as diretoras conseguem visualizar a oscilação mensal no consumo das respectivas unidades, por meio de gráficos, podendo assim administrar com mais precisão.

Os dados que abastecem a planilha são encaminhados mensalmente pela Ugem a todas as escolas municipais. No entanto, os projetos de eficiência energética nas unidades de ensino foram implantados com recursos próprios da administração municipal e também junto ao PEE (Programa de Eficiência Energética da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica).

As ações de conscientização têm contribuído para a redução do consumo. Em 2014, em reunião realizada na Secretaria de Educação, as diretoras da rede municipal receberam material em arquivo digital sobre Sustentabilidade, adquirido por meio da Eletrobrás, nele são abordados conceitos como o uso eficiente de energia elétrica e da água. Também foram entregues quatro livros em formato digital para os alunos e um no mesmo modelo para os professores.

O coordenador da Ugem, Oswaldo Salviatto Júnior, destaca a importância da iniciativa.  “Compartilho da ideia de que o quilowatt/hora mais importante é aquele que não precisa ser produzido e sim economizado”, comentou.

Para o prefeito em exercício Carlos Alberto Jacovetti (PSDC – Partido da Social Democracia Cristã), o projeto reflete a preocupação da Prefeitura com a preservação do meio ambiente. “Estamos vivendo um período em que a economia dos recursos naturais se tornou ainda mais fundamental. Para ser produzida, a energia elétrica também depende de água e estamos empenhados em usá-la racionalmente”, destaca. “Por meio de ações como esta, reforçamos a importância desta conscientização junto às nossas crianças e adolescentes, que se transformam em multiplicadores das informações em casa e na comunidade”, finalizou Jacovetti.

Um dos projetos de destaque já implementados pela Ugem foi a instalação do sistema de aquecimento solar na Emei “Nona Catharina” (José Ometto), que gerou economia de até R$ 12 mil ao ano, o equivalente a 30 MWH/ano, aos cofres municipais.

A iniciativa, que é uma parceria entre a Prefeitura de Araras e a Elektro, contemplou ainda outros projetos na área, como a troca de iluminação dos seguintes prédios públicos: Emeief “Antônio Severino” (Parque Santa Cândida), Emei “Pref. José Paulino de Oliveira” (Parque Industrial), UPA 24h “Elisa Sbrissa Franchozza” (José Ometto) e Câmara Municipal. (Com informações da Secom)

Escola-cor
Novo sistema de aquecimento solar na Emei “Nona Catarina” faz parte das ações de eficiência energética da Ugem.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*