Alunos apresentarão o projeto Mega Buggy Sustentável que é um caminhão que passa pelas ruas recolhendo garrafas pet e latinhas de alumínio.
Sesi 1
Equipe do Sesi Araras é composta por alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental 2.

A equipe Los Atômicos, composta por seis alunos (sendo dois do 8º ano e quatro do 9º ano do Ensino Fundamental 2) do Sesi (Serviço Social da Industrial) Araras disputam a etapa regional do 7º Torneio Sesi São Paulo de Robótica, na categoria First Lego League. A competição acontece entre os dias 1º e 3 de dezembro, na cidade de Presidente Epitácio/SP.

Segundo a organização, a competição tem como tema Trash Trek. Como parte do desafio, as equipes deverão identificar problemas relacionados ao lixo e apontar soluções inovadoras para diminuir sua produção, indicar maneiras eficientes de realizar o reaproveitamento de resíduos, bem como o transporte e o armazenamento desses resíduos.

Para a analista de suporte em informática do Sesi Araras, Ana Paula Corroci da Silva, as expectativas para a competição são positivas. “Estamos muito confiantes, pois o grupo vem se esforçando muito para garantir a vaga na Etapa Estadual e possivelmente Etapa Nacional e ainda cumprir o nosso maior

Alunos apresentarão o projeto Mega Buggy Sustentável que é um caminhão que passa pelas ruas recolhendo garrafas pet e latinhas de alumínio.
Alunos apresentarão o projeto Mega Buggy Sustentável que é um caminhão que passa pelas ruas recolhendo garrafas pet e latinhas de alumínio.

objetivo que é chegarmos à Etapa Mundial”, destaca. “Para esta etapa apresentaremos o Mega Buggy Sustentável que é um caminhão que passa pelas ruas recolhendo garrafas pet e latinhas de alumínio. O mesmo separa o material, por meio de uma esteira seletora e compacta todo o material. Todo esse processo é realizado enquanto passa pelos bairros. O cidadão que contribuir com o M.B.S. ganhará um desconto do IPTU em conjunto com ticket que contém uma frase de conscientização ambiental”, explica Ana Paula, que acompanhará a equipe no torneio, juntamente com o também analista de suporte em informática, Thiego Garrito Fosaluza.

Além da disputa, o time ararense também participará do Desafio do Robô, modalidade da competição em que os alunos constroem e programam um robô autônomo capaz de cumprir missões predeterminadas. A prova é realizada em uma mesa de competição, na qual os robôs devem executar as tarefas programadas em até dois minutos e meio.

De acordo com a organização do torneio, pontuação de cada equipe será baseada em três requisitos: projeto de pesquisa (inovação, apresentação e pesquisa); projeto do robô (design do robô, programação e estratégia e inovação); e core values (inspiração, trabalho em equipe e profissionalismo).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*