A Prefeitura Municipal de Araras irá construir um reservatório de detenção de águas pluviais localizado na Chácara São Francisco para conter uma voçoroca. Segundo a Concorrência Pública (nº. 001/2016) o valor estimado da licitação é de R$ 1.678.717,25.

A obra atende um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado junto ao Ministério Público no qual a Prefeitura se comprometeu a conter o processo de erosão do solo.

É importante ressaltar que a voçoroca é um fenômeno geológico que consiste na formação de grandes buracos de erosão, causados pela água da chuva e intempéries, em solos onde a vegetação é escassa e não mais protege o solo, que fica vulnerável e suscetível ao carregamento por enxurradas.

 

Reparos na rede de águas pluviais e de esgoto

A Prefeitura Municipal de Araras divulgou que o trecho da Avenida Dona Renata (Marginal), próximo ao Posto Confiante, está parcialmente interditado devido à execução de reparos na rede de águas pluviais e de esgoto. Motoristas que trafegam pela Marginal, sentido Centro/zona oeste, terão que pegar a alça de acesso à Anhanguera e virar à esquerda na rua Miozótis para chegar à Rua dos Antúrios – em caráter provisório, a rua dos Antúrios (no trecho perto da antiga termoelétrica Tabajara) ficará sentido único, Sobradinho/Jardim Cândida, hoje, dia 12.

A previsão é que as obras sejam concluídas na próxima semana. O Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) está com agentes no local, orientando os motoristas a buscarem rotas alternativas.

De acordo com o secretário interino de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Fábio Franco, uma rede de esgoto se rompeu, o que provocou também uma ruptura na rede de águas pluviais que passa pelo local. “Os serviços de conserto da rede de esgoto já estão em andamento pelo Saema (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras) e devem ser concluídos ainda nessa quinta-feira. Já os trabalhos de reparo na rede de águas pluviais devem ser feitos a partir dessa sexta-feira (hoje), pela equipe da Secretaria de Obras Públicas. O que ocorreu foi que essas redes de esgoto possuem manilhas velhas e desgastadas sujeitas à ruptura. Uma nova rede de seis metros deve ser instalada”, explicou o secretário.

Devido à ruptura das duas redes, houve vazamento de água por baixo do asfalto, provocando uma espécie de “cratera” de aproximadamente 4 metros de diâmetro por 1,80 metros de profundidade.

Franco ainda acrescentou que serão realizados os serviços de reposição da terra e também a recomposição do asfalto danificado.

Fato parecido aconteceu em maior proporção na Avenida Irineu Carrocci, no José Ometto, o que provocou uma “cratera” na via de aproximadamente 7 metros de diâmetro por 5m de profundidade.

 

Maria Gabriela Córnia

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*