Desenho vencedor de concurso realizado entre escolas municipais sobre o mosquito Aedes aegypti  Créditos: Secom/PMA
Desenho vencedor de concurso realizado entre escolas municipais sobre o mosquito Aedes aegypti
Créditos: Secom/PMA

Uma série de ações educativas e culturais são implementadas nas escolas municipais com o objetivo de conscientizar crianças e adolescentes sobre a importância do combate ao mosquito Aedes aegypti, principal transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus.

O projeto pedagógico, realizado pela Coordenadoria de Formação Continuada da Secretaria de Educação, tem como principal meta imprimir aos educadores de cada escola o papel de multiplicadores de informações sobre o mosquito.

Entre as ações foi realizado também um concurso de desenho que teve como tema o combate ao mosquito e fez com que as crianças usassem a criatividade para abordar o assunto. Essa atividade foi feita com todos os alunos do 1º ao 3º ano do ensino infantil. A ideia será, em breve, expor os principais trabalhos em murais de espaços públicos da cidade, que ainda serão elencados pela Secretaria de Educação.

Já os estudantes do ensino fundamental 1 (4º e 5º anos) e 2 (6º e 9º anos) tiveram como atividade a elaboração de uma carta endereçada aos pais para conscientizá-los sobre a importância da eliminação de possíveis criadouros do mosquito. As cartas foram posteriormente enviadas aos pais, pelos Correios.

Uma comissão de professores da rede municipal foi formada para elencar os melhores trabalho. A ilustração vencedora foi do aluno Narciso Ribeiro Neto, do 3º B da Emeief Antonia Marques Dahmen, Parque Tiradentes. Já a melhor carta foi da aluna Manuela Chignolli, do 9º ano A da Emef Professor Júlio Ridolfo, Jardim São Luiz.

O desenho e a carta vencedores do concurso estão disponíveis no site da Prefeitura de Araras –www.araras.sp.gov.br

Florisa Nascimento, assessora da Coordenadoria de Formação Continuada da Secretaria de Educação, falou da importância das ações. “O projeto visa tornar os alunos e professores multiplicadores das informações sobre o mosquito Aedes. Vejo que muitos deles estão participando com muito empenho, gravando vídeos das ações que ocorrem nas escolas e mostrando aos pais em casa”, disse a assessora.

 

(Com informações da Secom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*