furtoO Interior de São Paulo fechou o ano com queda nos homicídios e redução em praticamente todos os índices de crimes contra o patrimônio em 2015. A região reduziu os homicídios dolosos (10,96%) e a quantidade de vítimas (11,45%); roubos em geral (4,29%), de veículos (19,26%) e a banco (15,71%); furtos em geral (2,37%) e de veículos (6,11%); além das extorsões mediante sequestros (26,67%) e estupros (5,85%). Os números específicos de Araras não foram divulgados até o fechamento dessa edição.

Com a redução de 10,96%, ocorreram 230 mortes intencionais a menos no Interior. O número passou de 2.098 para 1.868. É o segundo menor número absoluto de ocorrências e o melhor por 100 mil habitantes, desde 2001.

Com a redução, pela primeira vez na série histórica, iniciada em 2001, a taxa de homicídios dolosos alcançou novo recorde, com 8,26 mortes intencionais por 100 mil habitantes.

Assim como o total de casos, o número de vítimas também apresentou recuo de 11,45%, com 250 vítimas a menos na comparação com os 12 meses de 2014. Os casos de estupros também tiveram diminuição de 5,85%. Foram registradas 5.475 ocorrências, ante 5.815, em relação ao acumulado – janeiro a dezembro – de 2014.

 

Menor número de furtos e extorsões mediante sequestro desde 2001

 

O Interior de São Paulo apresentou queda em quase todos os indicadores de crimes contra o patrimônio em 2015. A região apresentou, ainda, redução nas duas modalidades de furtos – em geral e de veículos – apesar de ligeiros aumentos no mês. Com redução de 6.119 ocorrências (-2,37%), foram contabilizados 252.110 furtos em 2015, ante 258.229 no acumulado de 2014. A quantidade é a menor em toda série histórica, iniciada em 2001.

O ano de 2015 fechou com queda de 6,11% nos furtos de veículos no acumulado de janeiro a dezembro. Analisando 2014 com 2015, os números passaram de 46.941 para 44.074 – 2.867 a menos.

A redução mais expressiva foi nos roubos de veículo (19,26%), que não apresentou nenhum aumento durante os 12 meses. Com 4.088 roubos de veículos a menos, a quantidade de roubos de veículo passou de 21.221 para 17.133.

Os roubos em geral, que excluem os de veículos, também reduziram. Com diminuição de 4,29% ou 3.591, em números absolutos, o total passou de 83.622, em 2014, para 80.031, em 2015.

As ocorrências de extorsão mediante sequestro também tiveram queda de 27,67%. Foram registrados 11 casos, ante 15, na comparação com o ano fechado de 2014. O total é o menor registrado desde que as ocorrências passaram a ser contabilizadas.

Os casos de roubos a banco tiveram queda de 15,71%, com 11 casos a menos. A quantidade passou de 70 para 59, na comparação com o ano de 2014.

Apesar da elevação de 5,84% dos latrocínios no Interior, seis regiões registraram reduções no número de ocorrências. O Estado fechou o ano com queda de 7,75%. Os roubos de carga tiveram crescimento de 3,82%.

(Com informações da Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*