Mais de 30 espécies nativas foram plantadas no local

Estudantes da rede municipal, integrantes de clubes de serviços e de entidades ambientais participaram da ação coletiva denominada Hora Verde, que aconteceu no Parque Ecológico e Cultural Gilberto Rüegger Ometto, no último domingo, dia 20.

A área destinada ao plantio foi próxima onde costuma ser instalado o estacionamento oficial de eventos. Foram plantadas cerca de 30 mudas de espécies nativas, como jequitibá, pau-ferro, paineira, pau-marfim, palmeira, entre outras.

O projeto, promovido pela Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, visa incentivar os cidadãos para que plantem mudas de árvores no quintal de suas casas ou em áreas públicas definidas por cada município – a ação aconteceu simultaneamente em 70 cidades paulistas.

Mais de 30 espécies nativas foram plantadas no local
Mais de 30 espécies nativas foram plantadas no local

O prefeito Nelson Dimas Brambilla (PT – Partido dos Trabalhadores) participou do evento e falou sobre a importância da participação dos estudantes. “É importante ver as crianças envolvidas nestas ações ambientais, pois a conservação do nosso planeta está nas mãos delas. Quanto mais se aprende, mais se aplica”, disse.

O evento contou também com o vice-prefeito Carlos Alberto Jacovetti PSDC (Partido Social Democrata Cristão), o presidente do Saema (Serviço de Água, Esgoto e Meio Ambiente), Felipe Dezotti Beloto, além de secretários municipais e da população em geral.

O plantio foi realizado por estudantes das Emefs Professor Joel Job Fachini, Professora Maria Zélia P. M. Pereira (Caic), Antonia Marques Dahmen, Professor João Poletti, Tereza Coletti Ometto e Professora Adalgisa P.B. Franzini, além dos grupos Escoteiros Araras Azul 178 e Desbravadores Himalaia.

O programa Hora Verde visa a reflexão sobre a necessidade da conservação e do aumento da cobertura vegetal em todo o Estado. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, os mutirões de plantio simultâneos podem ser feitos em vários locais, como áreas urbanas (ruas, praças, quintais, parques), matas ciliares, áreas rurais, unidades de conservação e quaisquer outras áreas onde o ato do plantio permita a reflexão sobre o papel da árvore para a biodiversidade, a água, o controle de erosão, o conforto térmico, a prevenção de doenças e outras contribuições relevantes para o bem-estar humano.

A ação fez parte das comemorações do Dia Nacional da Árvore (21 de setembro), organizada pelo Departamento de Meio Ambiente (DMA), órgão ligado ao Saema.

Até sexta-feira, dia 25, o DMA também estará doando mudas nativas para arborização urbana. As mudas poderão ser retiradas das 8 às 16 horas, no próprio Departamento, que fica na rua Cândida Lacerda, 231, no Centro.

 

Eventos e atividades educativas

A programação comemorativa ao Dia da Árvore segue até o dia 26 e conta com atividades como plantio de árvores e palestras.

Uma das atividades será uma ação intermunicipal de educação ambiental envolvendo as cidades de Araras e Rio Claro. A ação consiste em visita monitorada no Centro Pró-Arara, que fica no Lago Municipal e contará com a participação de alunos da rede municipal das duas cidades.

Na visita, os alunos irão participar de palestra sobre a importância da preservação ambiental para a sobrevivência da fauna nativa. Após isso, os alunos irão participar ainda de plantio de espécies nativas em área próximo à Represa Água Boa.

Já no sábado, dia 26, o Departamento de Meio Ambiente irá promover o 2º Plantio do projeto Araras Mais Verde. Desta vez, o objetivo é mobilizar a comunidade para plantar mudas nativas no Bosque 500 anos, que fica no Jardim Santa Cândida, entre as ruas Júlio Ulson e Nicolau Canônico. A ação acontece às 9h.

Para incentivar a participação do público, os 50 primeiros participantes que chegarem ao local irão ganhar camisetas do projeto. Além disso, serão distribuídos folders informativos sobre como cuidar das mudas e certificados digitais para cada um dos participantes. Técnicos do DMA irão acompanhar a ação, oferecendo as orientações técnicas para o plantio correto e cultivo das mudas.

O 1º plantio de mudas do projeto Araras Mais Verde foi realizado em junho deste ano, em área próxima às avenidas Loreto e José Marques da Silva, em frente ao Clube dos Bancários.

O Projeto Araras Mais Verde tem como objetivos principais arborizar áreas onde há carência de árvores no município; sensibilizar, conscientizar e incentivar a participação popular gerando multiplicadores nas ações de arborização urbana e questões ambientais; e gerar um programa de educação ambiental quanto ao tema arborização urbana que tenha caráter contínuo.

O projeto inclui ainda nesta primeira fase o plantio em mais duas áreas prioritárias: Praça Mário Vieira (Jardim Pedras Preciosas) e Praça Jorge Assumpção (José Ometto 1).

 

Dia da Árvore

O Dia da Árvore é comemorado em todo o mundo, mas em datas diferentes. No Brasil é comemorado no dia 21 de setembro, devido à véspera da chegada da primavera. Este dia está relacionado à cultura indígena, que cultua o respeito e a valorização da árvore, representante direta de nossa imensa riqueza natural.

No dia 21 de março também se comemora o Dia Mundial da Árvore ou Dia Mundial da Floresta. Essa comemoração aconteceu pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1872.

 

Araras: Cidade das Árvores

Conhecida como “Cidade das Árvores” e pioneira em comemorar o “Dia da Árvore” em 1.902, Araras realiza ações constantes que visam a preservação das espécies nativas e, consequentemente, do meio ambiente.

A festa foi idealizada nos moldes do “Arbor Day”, festa em comemoração às árvores realizada nos Estados Unidos, que promovia discussão, e nesta iniciativa tentava enraizar a consciência ecológica nas crianças, e cultivar no povo o amor pela natureza.

No Brasil, a festa foi idealizada por Alberto Löfgren, João Pedro Cardoso e Coelho Neto. Preocupados desde aquela época com a devastação das árvores, para construção de ferrovias, esses homens lutaram para promover uma campanha em prol à natureza.

O evento contou com plantio de mudas vindas do horto botânico de São Paulo. Cerca de 500 crianças das escolas da cidade plantaram 242 mudas de vários tipos como faveiro, peroba, carvalho, guarantã entre outras, em vários locais de Araras.

A 1ª Festa das Árvores repercutiu nacionalmente e teve a participação de integrantes da comitiva presidencial, enviada especialmente ao evento. Na comitiva que veio a Araras constaram personagens renomados, como o governador do Estado de São Paulo, Bernadino José de Campos Júnior, e o prefeito de São Paulo Antônio Prado. (Com informações Secom)

 


 

 Confira a programação festiva do Dia da Árvore

 

Dia 22 – Terça-feira

8h – Visita monitorada de alunos das redes municipais de ensino de Araras e Rio Claro no Centro Pró-Arara, no Lago Municipal e plantio de espécies nativas com a participação dos alunos na Represa Água Boa

Local: Centro-Pró Arara – Lago Municipal e Represa Água Boa

Dia 26 – Sábado

9h – Projeto Araras Mais Verde, com plantio de mudas no Bosque 500 anos com a participação da população

Local: Bosque dos 500 anos – Jardim Santa Cândida, entre as ruas Júlio Ulson e Nicolau Canônico

De 21 a 25 de setembro

Doação de mudas para arborização urbana aos cidadãos no Departamento de Meio Ambiente do Saema

Local: Rua Cândida Lacerda, nº 231, Centro

Horário: das 8h às 16h

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*