“Faço uma mudança coerente com os valores que acredito serem os princípios basilares de um novo patamar de conquistas para os brasileiros”, afirma

Brambilla destaca entre suas realizações ter colocado “Araras entre as 10 melhores Cidades em Gestão Fiscal e Governança do País ressaltando o nosso zelo e seriedade para com os recursos públicos”
Brambilla destaca entre suas realizações ter colocado “Araras entre as 10 melhores Cidades em Gestão Fiscal e Governança do País ressaltando o nosso zelo e seriedade para com os recursos públicos”

O ex-prefeito Nelson Dimas Brambilla encaminhou na tarde de ontem (10) à redação do Opinião cópia de sua carta endereçada “aos amigos e amigas de partido e lutas, eleitores e a toda população ararense”, na qual transmite sua decisão de se desfiliar do PT, o Partido dos Trabalhadores. “Transmito hoje a todos uma decisão de grande relevância que vinha sendo tratada em pequeno círculo de familiares, amigos e companheiros de trajetória política, e que foi tomada após intensa reflexão. Assim, encaminho hoje meu pedido de desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT), que foi até agora a minha casa política e pela qual tenho tanto respeito”.

O ex-petista define a decisão como sendo um processo marcado pela emoção “e pela vinda à tona de cada momento significativo de uma trajetória de mais de 30 anos, na qual ajudei a construir o sonho de um Brasil democrático, de uma cidade mais justa e humana, sendo militante do mesmo partido por mais de 30 anos”. Enumerando os cargos para os quais foi eleito pela legenda afirma que “foi o PT de Araras que me proporcionou ingressar ativamente na vida política. Tive o privilégio de ser vice-prefeito e secretário municipal de Saúde de 2000 a 2004, em 2008 fui candidato a vereador pelo PT, sendo o mais votado da história de Araras, tornando-me desta forma vereador e também presidente da Câmara Municipal. Em julho de 2009, por decisão da Justiça Eleitoral, assumi interinamente a Prefeitura de Araras, num momento político e econômico muito delicado para nossa cidade. Após um ano de exercício da interinidade na condição de prefeito, em junho de 2010 nosso grupo político disputa e vence as eleições suplementares. Com muita honra passei da condição de prefeito interino para prefeito eleito da cidade de Araras.  Fizemos grandes realizações e pela confiança do povo ararense e a oportunidade que o PT de Araras novamente me concedeu fui reeleito prefeito no ano de 2012 tendo o mandato prorrogado até 31 de dezembro de 2016”.

Cita conquistas advindas de seu trabalho, com o apoio dos governos federal e estadual, entre elas “várias escolas, creches, UBS, UPA, Caem, Faculdade de Medicina, a Fatec, mais de 3 mil moradias de interesse social, a construção do CEU, o Centro de Turismo. Também trocamos todos os ônibus do transporte coletivo e escolar,  cobrimos mais de 25 quadras poliesportivas, reformamos prédios históricos, melhoramos o Lago Municipal e o Parque Ecológico, realizamos diversos eventos na Praça Barão e colocamos Araras entre as 10 melhores Cidades em Gestão Fiscal e Governança do País… Cumprimos com a nossa missão de construir uma Araras cada vez melhor, honrando a confiança que nos foi depositada em todos esses anos pela população ararense”.

A busca de novos horizontes nunca é isenta de riscos. E a esperança de ver um País mais justo e humano, com mais inclusão e menos desigualdades, “onde a educação seja o centro da mudança social que esperamos” norteiam o pensamento de Brambilla que afirma: “Quero continuar a ajudar a nossa cidade, a nossa região, lutando sempre por uma saúde de qualidade, acessível a todos, com a mesma garra e determinação que sempre me acompanharam”.

O ex-prefeito diz que prosseguirá na luta e militância política “por justiça, por oportunidades iguais para todas as pessoas. Continuarei sendo veementemente contra a corrupção, contra qualquer tipo de exploração e preconceito. Cuidar de pessoas, na medicina e na política, pois nenhuma transformação social acontece se não for pela ação política. Com essa mesma convicção de que é possível fazer uma cidade melhor, um estado melhor e consequentemente um país melhor, peço a compreensão de todos os ararenses, dos meus eleitores, do Partido dos Trabalhadores e principalmente dos militantes do PT de nossa cidade, que estiveram conosco nessa longa caminhada. A nossa democracia é jovem e precisamos estar atentos e prontos para defendê-la. Temos muito a fazer, juntos. O caminho é longo, a jornada é árdua e os sonhos são necessários para buscar aquilo que tanto desejamos: construir um País soberano, justo e solidário”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*