Envelhecer bem e com saúde depende de muitos fatores ao longo da vida. Manter uma alimentação balanceada, evitar bebidas alcoólicas e cigarro, e ainda praticar exercícios físicos diariamente é o segredo dos que chegam na melhor idade esbanjando saúde.

Estar com o corpo sempre ativo, em movimento, contribui e muito para uma vida independente, com mobilidade para as atividades diárias na chegada dos 60 anos, considerado o início da melhor idade.

Estar com o corpo sempre ativo, em movimento, contribui e muito para uma vida independente.
Estar com o corpo sempre ativo, em movimento, contribui e muito para uma vida independente.

De acordo com o educador físico e fisioterapeuta, Moacir Quintiliano Júnior, da Fisio & Sports, de Araras, depois dos 60 anos tanto homens quanto mulheres sofrem alterações no corpo que os deixam mais propensos a sentir dores. “Nessa idade as pessoas passam a ter rigidez muscular e a sentir mais cansaço que os mais jovens. Por isso, quem chega a melhor idade, independente da condição física, deve se exercitar”, afirma.

Os exercícios cardiovasculares como esteira, bicicleta e elíptico são muito indicados, bem como musculação e outras atividades, pois, além de aquecerem o corpo, ainda o deixam em movimento e ajudam até mesmo a tonificar a musculatura dos membros inferiores. 30 minutos por dia já são suficientes para uma vida mais ativa e longe de dores musculares e nas articulações. “Ser independente nessa fase da vida é o que todos querem e pensando nisso como educador físico criamos planos com custo baixíssimo para poder atender essa parcela da população e ainda contribuir com a longevidade”, esclarece Quintiliano.

Importante ressaltar que além de melhorar a qualidade de vida, a prática diária de exercícios físicos, sempre sob orientação de profissionais da área, ajuda também nas atividades cotidianas como as tarefas de casa, dirigir, entre outras.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*