A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, divulgou uma nota de esclarecimento na tarde de ontem, dia 8, em seu site oficial novamente falando a respeito do golpe da cobrança falsa do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Na nota a secretaria informa que os boatos que circulam via grupos do aplicativo WhatsApp e vídeos distribuídos pelas redes sociais, principalmente o Facebook, a respeito dos avisos de vencimento do IPVA 2016, até o momento são verdadeiros e que não foi identificada qualquer irregularidade no material postado aos contribuintes.

Para apurar a veracidade de material postado nas redes sociais, uma equipe da Fazenda fez contato com o responsável pela gravação e distribuição do vídeo que alegava ter recebido cobranças “falsas” de IPVA 2016 em um envelope. O Fisco analisou os documentos e constatou que se trata de Avisos de Vencimento verdadeiros.  Esclareceu também o equívoco do proprietário a respeito do código de barras de endereçamento, normal na postagem via correio. Vários internautas cometeram o mesmo erro de interpretação em suas postagens na internet.

Ao contrário do que as mensagens possam induzir, as imagens difundidas nas redes sociais apresentam os informativos reais que a Secretaria da Fazenda envia todos os anos aos contribuintes a partir de dezembro. Nos casos de proprietários que possuem mais de um veículo registrado em seu nome – com CPF e endereço iguais -, os Avisos de Vencimento são encaminhados juntos, dentro de envelope. Esse é um procedimento normal que simplifica e agiliza a postagem e recebimento dos documentos.

A Fazenda reitera que envia aos proprietários apenas Avisos de Vencimento que trazem informações sobre o valor do imposto, seguro obrigatório, taxa de licenciamento e eventuais multas do veículo e indicação da existência ou não débitos de exercícios anteriores. A forma de pagamento do IPVA permanece inalterada, como nos anos anteriores. O imposto deve ser pago na rede bancária credenciada utilizando apenas o número do Renavam do veículo. (Com informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*