Organização decidiu prolongar o evento devido às chuvas da última sexta-feira e sábado; Atração acontece no recinto do Parque Ecológico

Durante o evento público pode conferir as barracas típicas que servem pratos de suas respectivas culturas
Durante o evento público pode conferir as barracas típicas que servem pratos de suas respectivas culturas

Em razão das chuvas do último final de semana, a Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) de Araras decidiu prolongar a 37ª  Feira das Nações. O evento continua na próxima sexta-feira e sábado, dias 6 e 7, a partir das 19h, no recinto do Parque Ecológico e Cultural Gilberto Rüegger Ometto. O valor da entrada é de R$ 5, com direito a estacionamento para os veículos.

“Muita gente não pode comparecer devido às chuvas que caíram em nossa cidade na última sexta-feira e sábado. Por meio de pedidos da própria população, nós decidimos estender a Feira por mais um final de semana para que estas pessoas que não puderam ir nos primeiros dias possam participar e conferir todas as atrações do evento”, explicou Iraci Barbosa, diretora da Apae de Araras.

Barraca argentina foi a vencedora da edição 2017 da Feira das Nações, que obteve a maior arrecadação de fundos durante o evento
Barraca argentina foi a vencedora da edição 2017 da Feira das Nações, que obteve a maior arrecadação de fundos durante o evento

Segundo a organização, cerca de 8 mil pessoas, de Araras e região, passaram pela Feira durante os dois últimos finais de semana, onde puderam conferir as iguarias oferecidas pelas barracas típicas. “Foi um público muito bom que realmente abraçou a causa e veio para o evento. A Feira tem por objetivo oferecer momentos de lazer e solidariedade entre as famílias“, destacou Iraci.

A 37ª Feira das Nações conta com as barracas Ibérica, Argentina, Italiana, Suíça, Boteko Brasil e Kaipifrutas, as quais servem pratos das respectivas culturas. Além disso, o público pode conferir as barracas infantis como a do Sonho, dos Brinquedos e também do Artesanato, cujos artigos são confeccionados pelos próprios alunos da entidade.

Cada barraca, inclusive, é representada por rainhas e princesas, as quais têm por objetivo angariar fundos em prol da Apae, por meio de ações entre amigos, patrocínios e donativos. A vencedora deste ano foi a barraca argentina que obteve a maior arrecadação do evento, cujos valores ainda não foram divulgados pela organização.

César Foguel

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*