O número de mortes caiu 32,43% nos 22 mil quilômetros de rodovias paulistas durante o feriado prolongado de Tiradentes, de 17 a 21 de abril, em relação ao mesmo período do ano passado. O número de vítimas feridas também apresentou redução de 25,38%. As informações são da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

O Policiamento Rodoviário, em conjunto com equipes de radiopatrulha territorial e aérea, Comando de Choque, entre outros, registrou a redução de 12 mortes nas estradas bandeirantes. No mesmo feriado do ano passado, foram 37 vítimas fatais, contra 25 deste ano.

A quantidade de vítimas leves e graves passou de 654 para 488 – redução de 166 casos. Além de policiais, participaram da operação o Departamento de Estradas e Rodagens (DER), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a empresa Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) e as concessionárias das rodovias.

As ações preventivas e ostensivas dos policiais também ajudaram a reduzir o número de acidentes em 27,17%. Foram 863 neste ano, contra 1.185 do mesmo feriado de 2014, que teve 322 casos a mais.

 

Produtividade

As infrações resultaram em 20.611 autuações lavradas neste ano, contra 18.251 em 2014. Isso representa um aumento de 12,93% na produtividade. Destas autuações, 4.589 foram contra condutores e passageiros que não utilizavam o de cinto de segurança – aumento de 51,6% se comparado com as 3.027 do ano anterior.

A Polícia Militar Rodoviária ressalta que, além de ser uma infração de trânsito, deixar de usar o cinto coloca em risco a vida dos ocupantes do motorista e de seus acompanhantes.

Os patrulheiros autuaram 657 motoristas que dirigiam sob o efeito de álcool. Destes, 28 foram detidos por embriaguez ao volante. No ano passado, foram menos autuações – 568 pessoas dirigindo alcoolizadas –, mas houve mais prisões: 59 condutores foram flagrados embriagados.

Além destes, foram presos 67 suspeitos de diversos crimes e nove fugitivos da Justiça recapturados. As ações resultaram também na apreensão de 1,4 tonelada de entorpecentes.

 

Movimento no Interior

Em São Paulo, a Concessionária Arteris administra 1.147 quilômetros de rodovias que atendem cidades do interior, entre elas Araras, Araraquara, Bauru, Franca, Jaú, Limeira, Mogi Mirim, Piracicaba, Ribeirão Preto e São Carlos. As rodovias receberam mais de 1,2 milhão de veículos no período de Tiradentes. As concessionárias Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte realizaram 3.194atendimentos a usuários, sendo 873 mecânicos e 114 clínicos. Ocorreram ainda, 72 acidentes, com 31 vítimas leves e seis moderadas, não havendo vítimas fatais.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*