A Festa do Peão de Araras movimentou o município desde a última quinta-feira, dia 13, até o encerramento na madrugada de ontem, dia 17, e um dos destaques positivos dos quatro dias de festa foi o não furto ou roubo de veículos, tanto no interior ou do lado de fora do recinto do Parque Ecológico “Gilberto Ruegger Ometto”.

festa_peão
As festividades foram encerradas com o show da dupla Carreiro & Capataz

Embora não tenha tido nenhum crime contra veículos durante a festa, outro crime foi registrado com abundância. Ao todo foram registrados 36 pequenos furtos durante o evento, o que inclui aparelhos celulares, dinheiro e carteiras. No primeiro dia da festa foram 15 registros, já na sexta-feira foram 20, no sábado apenas um e no domingo até o fechamento dessa edição nenhum.

A estatística foi divulgada pelo capitão Roney de Lima da Polícia Militar de Araras, que ressaltou que os números são contabilizados apenas por meio dos registros feitos na Delegacia de Polícia Civil. Ou seja, quem não foi até a Delegacia de Polícia fazer um boletim de ocorrência não entrou nas estatísticas criminais.

Um outro ponto levantado pelo capitão foi que os registros de furtos em Araras, embora pareçam expressivos, é bem menor que em cidades da região no mesmo tipo de evento. “Em uma última festa do peão na cidade de Leme/SP foram registrados em média 50 furtos por dia”, disse o PM.

Ainda entre as ocorrências durante os quatro dias, a PM ressalta que foram feitas cerca de 20 prisões de motoristas em estado de embriaguez aos redores e proximidades da festa. “Também realizamos várias apreensões de motocicletas com documentações irregulares”, destacou o capitão.

Além dessas ocorrências uma tentativa de homicídio também aconteceu, um rapaz de 19 anos tomou um tiro de raspão na cabeça disparado por uma pistola calibre 22. Conforme consta no boletim de ocorrência, após a finalização da festa o jovem foi até os PMs comunicar que um outro rapaz, o qual ele não conhecia, havia apontado a arma para sua cabeça, atirado e saído correndo, tudo isso após uma discussão entre os dois. Ainda segundo a polícia, ao que tudo indica foi uma tentativa de acerto de contas, já que o rapaz deu poucos detalhes sobre a tentativa do crime, além de o próprio já ter algumas passagens pela polícia.

A vítima foi socorrida por uma unidade de saúde móvel que estava na festa e passa bem, já o suspeito não foi identificado graças a grande quantidade de pessoas que estavam ali no momento. A tentativa do homicídio aconteceu no final da festa, porém fora do recinto do parque ecológico.

Durante a festa estiveram uma média de 30 policiais militares por dia (no sábado foram 70) tanto dentro como fora da festa, além dos bloqueios de trânsito com bafômetros para testar os motoristas que passavam pelo local.

Além do efetivo da PM, a Guarda Municipal e o Departamento de Trânsito de Araras também estiveram presentes durante os dias da festa apoiando a fiscalização.

Outra parte da segurança foi feita por 110 homens por dia de uma empresa privada apenas no interior da festa. Eles ficaram espalhados em meio ao público.

A festa

A festa teve shows da dupla Henrique & Juliano (dia 13), Fernando & Sorocaba (14), João Bosco & Vinícios (15) e encerramento de Carreiro e Capataz (15), show esse inclusive que teve portões abertos, já que foi custeado pela Prefeitura Municipal, entretanto também foi aberto a doações dos cidadãos de produtos de higiene pessoal que serão contabilizados e posteriormente repassados às entidades assistenciais de Araras, por meio do Fuss (Fundo Social de Solidariedade).

O evento, que foi uma realização do Clube dos Cavaleiros em parceria com a Prefeitura, também integrou as comemorações aos 153 anos de fundação de Araras.

Ainda sobre o último dia de festa, antes do show principal, a Orquestra de Violeiros de Araras abriu o evento. O grupo, que existe há mais de 12 anos, foi fundado com o objetivo de resgatar a música caipira de raiz na cidade e na região. Atualmente, a orquestra conta com 30 integrantes, com idades que variam de 13 a 90 anos. O projeto é mantido com recursos da Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*