A semana foi tranquila e o único dia com fila para fora da Justiça foi ontem Crédito: Maria Gabriela Córnia/OJ
A semana foi tranquila e o único dia com fila para fora da Justiça foi ontem
Crédito: Maria Gabriela Córnia/OJ

Os ararenses deixaram a regularização do título eleitoral para a última hora. O prazo para que o eleitor resolvesse pendências com a Justiça e, assim, votar nas eleições de 2016, terminou ontem, dia 4.

De acordo com informações do Cartório Eleitoral, a semana foi tranquila e o único dia com fila para fora da Justiça foi ontem, com o registro de vários atendimentos.

A partir de agora o eleitor não pode mais tirar título, transferir domicílio eleitoral e regularizar o documento cancelado por abstenção, apenas solicitar a impressão de segunda via do documento.

Nos próximos dias, o sistema de agendamento está suspenso e os cartórios atendem os eleitores por ordem de comparecimento, das 9 às 18 horas. Porém, mesmo com o documento o eleitor só poderá votar na próxima eleição.

O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos e facultativos para os analfabetos, para os maiores de 70 anos e para os maiores de 16 e menores de 18 anos.

Para o primeiro título, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral levando documento de identidade original e comprovante de endereço recente. Para os homens com idade entre 18 e 45 anos também é necessário apresentar o comprovante de quitação do serviço militar.

Para a transferência, o interessado deve residir há pelo menos três meses no novo endereço. No cartório correspondente ao seu novo domicílio eleitoral, o eleitor deve apresentar documento de identidade original e comprovante de residência. (Com informações da Justiça Eleitoral)

 

(Maria Gabriela Córnia)

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*