O vereador e pré-candidato a prefeito Breno Zanoni Cortella realizou uma coletiva de imprensa na manhã de ontem, dia 14, para falar sobre sua desfiliação do PT (Partido dos Trabalhadores), ocasião em que afirmou ainda não saber para qual sigla irá.

SAMSUNG CAMERA PICTURESDe acordo com o ex-petista, ele deixou a agremiação por não ter mais identidade política com diversas coisas do partido. “Estava avaliando isso há muito tempo e cheguei à conclusão de que era o mais correto a fazer neste momento”, completou.

Quando questionado se o Partido dos Trabalhadores apoiara sua pré-candidatura o vereador afirmou que acredita que sim. “O PT vai seguir os rumos do grupo no que se trata da sucessão municipal”, ressaltou.

Sua saída da legenda ocorreu após 15 anos de militância. A carta de desfiliação foi protocolada na última sexta-feira, dia 11, após intensa reflexão para discutir o melhor para a cidade.

Breno ressaltou ser grato aos companheiros petistas, com os quais conversou muito antes de anunciar sua decisão e que enxerga o partido como uma ferramenta e não vê mais como dar continuidade à sua trajetória de luta sem se afastar daquilo com que não concorda.

O pré-candidato a prefeito finalizou dizendo que continua na luta em prol da cidade, defendendo os interesses do município e de seu povo, dentro do grupo político do prefeito Brambilla. “A quem agradeço o apoio e a compreensão. Temos muito a fazer, juntos. Araras mudou e mudou para melhor. Mas o caminho ainda é longo e, embora eu esteja mudando de faixa nessa estrada política, o destino é o mesmo: uma Araras melhor e mais justa”, concluiu.

(Maria Gabriela Córnia)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*